Zé Dirceu diz que Lula e Ciro precisam se unir para enfrentar Bolsonaro

O ex-ministro da Casa Civil durante governos petistas e condenado por corrupção no Mensalão e no Petrolão, José Dirceu, em entrevista concedida ao UOL, pregou a união entre o ex-presidiário Luis Inácio Lula da Silva, e o candidato derrotada nas últimas eleições, Ciro Gomes, para derrotar Bolsonaro.

“Para enfrentar Bolsonaro, todos têm de se unir: Lula, Ciro… Por mais que haja divergência, se queremos impedir o pior para o Brasil, uma tragédia nacional” afirmou Dirceu durante a entrevista

Dirceu ainda sugeriu que fosse criada uma “frente ampla de esquerda” para que se consiga derrotar o atual Chefe de Estado, e defendeu que o grupo possua um candidato, seja ele Haddad, Ciro ou Flávio Dino [governador do Maranhão pelo PC do B], visto que, de acordo com ele, Lula já deixou exposta a sua opção de não se candidatar a presidência.

“Proponho aliança para tirar o Bolsonaro, [mas] não para 2022. Teremos um candidato de centro-esquerda, seja quem for: Ciro, [Fernando] Haddad, Rui Costa, Flávio Dino. O Lula já disse que não quer ser candidato” comentou ele

O ex-ministro de Lula também defendeu que fosse feito uma petição através das redes sociais pedindo pelo afastamento do mandatário brasileiro, já que, na avaliação dele, não é possível colocar 3 milhões de pessoas nas ruas pedindo o impedimento.

Proponho aliança para tirar o Bolsonaro, [porém] não para 2022. Teremos um candidato de ‘centro-esquerda’, seja quem for: Ciro, [Fernando] Haddad, Rui Costa, Flávio Dino. O Lula já disse que não quer ser candidato”

Informações República de Curitiba

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui