Secretaria de Saúde do DF recebe novo lote de vacinas contra a covid-19 e deve iniciar imunização de pessoas com 72 e 73 anos

Vacinação de pessoa com 72 e 73 anos devem começar amanhã (18) no DF

A expectativa do governo é de vacinar cerca de 24 mil pessoas, que irão receber duas doses da CoronaVac; para se vacinar não é preciso agendamento e postos de vacinação irão funcionar aos finais de semana

Por Cláudio Ulhoa

O secretário da Casa Civil do Governo do Distrito Federal (GDF), Gustavo Rocha, disse, em entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira (17/3), que a partir de amanhã (18) deve começar a vacinação contra a covid-19 das pessoas com idade entre 72 e 73 anos. A iniciativa será possível porque o Ministério da Saúde entregou à Secretaria de Saúde (SES-DF) mais um lote com 52.800 doses de CoronaVac.

A expectativa do governo é vacinar 24 mil pessoas dentro dessa faixa etária, já que a CoronaVac exige duas doses. Para ser vacinado, é preciso comparecer a um dos postos de vacinação que, inclusive, irão funcionar até nos finais de semana. De acordo com o secretário, não é preciso agendamento.

Outra informação destacada durante a coletiva foi com relação aos leitos de UTI para pacientes com covid-19. Conforme salientou Rocha, a taxa de ocupação encontra-se acima de 95% e, mesmo com a abertura de 260 leitos, ainda a demanda continua sendo maior que a oferta.

Por outro lado, o nível de transmissão do vírus começou a cair, está, segundo Rocha, em 0,99 – ele chegou, em janeiro deste ano, a 1,89. “Estamos abaixo de 1, e este é o ideal, que assim permaneça. Então a gente vai tentar, com essas medidas [preventivas] voltar ao patamar inicial”, lembrou o secretário.

Índice de transmissão de covid-19 em jovens aumentou 2.800%, diz Secretaria de Saúde do DF

Para Rocha, uma dos motivos que faz com que a transmissibilidade caia são justamente as medidas preventivas adotadas pelo governo nos últimos meses. Ele ainda ressalta que pesquisas mostram que 64% da população apoio as medidas preventivas, como o fechamento do comércio não essencial e o toque de recolher que vigora das 22h às 5h.

Casos

Segundo informações coletadas pela SES-DF, de ontem para hoje houve uma grande redução no número de casos de pessoas contaminadas com covid-19. Caiu de 2.556 casos para 1.428. A expectativa da Secretaria é que esses casos continuem caindo e que o efeito das medidas restritivas vão contribuir para essa redução, porém seus resultados só serão percebidos daqui a 14 dias.

A maior incidência de casos tem ocorrido no meio dos jovens com idade até 24 anos. Nessa faixa etária, segundo a SES-DF, houve um aumento de casos de 2.800%. Em janeiro deste ano, havia apenas um paciente jovem internado com covid-19, atualmente, existem 30.

O secretário de Saúde, Osnei Okumoto, que também participou da entrevista, rebateu uma possível notícia falsa que tem circulado na internet, que diz que haveria falta de medicamentos, oxigênio para pacientes e também de equipamentos de proteção individual. “Não faltam medicamentos e também os EPIs estão suficientemente estocados e distribuídos para toda a nossa rede”, afirmo Okumoto.

Com relação ao oxigênio, o secretário informou que há estoque suficiente para atender a demanda e que novas comprar foram feitas justamente para manter o estoque.

*Cláudio Ulhoa – Jornalista, membro da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno – ABBP

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui