Secretaria de Comunicação do GDF ganha prêmio de Índice de Transparência Ativa (ITA) no setor público

Comunicação do GDF recebe prêmio de transparência pelo 2º ano consecutivo

Esta é a segunda vez que a pasta é premiada por atingir 100% em transparência nas informações públicas; ‘Nós temos a responsabilidade de mostrar à sociedade o que está sendo feito com o dinheiro pago em impostos’, diz o responsável pela Secom, Weligton Moraes

Por Cláudio Ulhoa

Pela segunda vez a Secretaria de Comunicação (Secom) do Governo do Distrito Federal (GDF) recebe o prêmio Índice de Transparência Ativa (ITA). A confirmação do prêmio foi divulgada pelo governo em sua página na internet nesta segunda-feira (7). Criado e realizado pela Controladoria-Geral do Distrito Federal (CGDF), o prêmio está em sua 5ª edição e tem como objetivo reconhece órgãos, secretarias e entidades públicas da capital que tiveram publicações ativas de informações de interesse coletivo.

“Nós temos a responsabilidade de mostrar à sociedade o que está sendo feito com o dinheiro pago em impostos. Esse trabalho tem que ser feito de forma que todos possam fiscalizar as ações”, destaca o responsável pela Secom, Weligton Moraes.

Em sua 5ª edição, premiação reconhece órgãos e entidades públicas da capital responsáveis por publicações ativas com informações de interesse público

Além de reconhecer o trabalho dos órgãos públicos, o prêmio também serve para estimular esses organismos a ter uma postura mais transparente. E esse último proposito tem acontecido, conforme dados da CGDF, que mostra que, em 2020, houve um aumento de mais de 40% no número de órgãos com 100% no índice, saltando de 54 para 77 órgãos.

Órgãos públicos especializados/autônomos chegaram a atingir 100% de transparência, segundo a CGDF. Já as secretarias de Estado, atingiram 93%; as administrações regionais, 70%, e as entidades ligadas à estrutura do Executivo local, 88%.

“O prêmio é de suma importância, pois visa fortalecer a cultura da transparência e incentivar o controle social, por meio da disponibilização das informações por todos aqueles que fazem parte do governo. Estamos prestando contas ao nosso patrão, que é a sociedade”, constata o controlador-geral do DF, Paulo Martins. Ainda segundo ele, o Índice Geral de Transparência do DF saltou de 84% para 90% neste ano. “É o maior índice já alcançado”, afirma Martins.

Para atingir esses resultados foi preciso que o GDF criasse canais de comunicação com a sociedade. Por isso, a CGDF fica responsável por capacitar servidores e orientar os órgãos públicos para que possam se adequar e prestar informações de forma mais clara e simples à sociedade. Um canal de WhatsApp foi criado para orientar sobre transparência ativa aos órgãos, secretarias e entidades do DF.

Confira a lista completa dos premiados de 2020 e o relatório do prêmio

*Cláudio Ulhoa – Jornalista, membro da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno – ABBP

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui