Samambaia e Paranoá terão pontos para testagem em massa

Com os novos postos, população do Riacho Fundo I e II, Recanto das Emas e Samambaia também poderão fazer o teste

(Atualização: 12h20 do dia 9 de maio) A Secretaria de Saúde abrirá, nesta segunda-feira (11), dois novos pontos de testagem para a Covid-19, em Samambaia e no Paranoá. A abertura dos novos postos amplia o número de regiões cujos moradores serão testados. No drive-thru que será montado no anexo da Administração Regional de Samambaia, os habitantes desta região e do Riacho Fundo I e II e Recanto das Emas poderão agendar o exame.

No Paranoá, o ponto será montado no estacionamento do Estádio JK. A unidade substituirá o drive do Lago Sul e atenderá a mesma população abrangente da área: moradores do Lago Sul, São Sebastião, Itapoã, Paranoá, Jardim Botânico e Jardins Mangueiral.

O posto de Sobradinho também será desativado e a população da região e da Fercal passam a fazer o teste na unidade de Planaltina, que funciona na Loja Maçônica.

O secretário de Saúde, Francisco Araújo, esclarece que “as mudanças têm por objetivo melhorar o fluxo de atendimentos à população e acompanhar as alterações epidemiológicas dos casos de coronavírus”. Os testes rápidos são realizados das 8h às 17h. O secretário reforça a importância da realização de testagem de “forma ampla porque teremos um rol de informação suficiente para atender melhor os pacientes e programar com mais segurança as ações futuras”.

Testagem

Desde o dia 21 de abril, 55.317 pessoas foram testadas para a doença resultando em 463 diagnósticos positivos. O exame continua sendo agendado pelo site Teste em Massa Covid-19 ou pelo aplicativo e-GDF.

O teste no drive-thru é exclusivo para pessoas sintomáticas ou que tenha histórico de contato com algum caso confirmado e residem com idosos, e que moram nas regiões administrativas abrangidas pelo local onde drive-thru está montado.

A realização do exame não descarta a necessidade de procurar uma Unidade Básica de Saúde na ocorrência de sintomas.

O exame detecta a presença de anticorpos gerados pelo organismo para enfrentar o vírus. Eles costumam ser detectáveis com maior segurança a partir do sétimo dia da exposição.

*Com informações da Secretaria de Saúde

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui