RJ e DF receberão doses extras de vacina por causa da variante delta

O Ministério da Saúde informou nesta quarta-feira (11) que está distribuindo 6,6 milhões de novas doses de vacinas contra a covid-19 para os estados e o Distrito Federal (DF). A remessa inclui 1,5 milhão de doses da Coronavac, 4 milhões da Pfizer e 1 milhão de unidades do imunizante da AstraZeneca/Fiocruz. As vacinas, que começaram a ser enviadas no último domingo (8), devem chegar aos destinos até amanhã (12), segundo a pasta.

O governo federal também informou que o estado do Rio de Janeiro e o Distrito Federal receberão doses extras dos imunizantes para conter o avanço da variante Delta. O Rio terá um acréscimo de 5% na remessa a que tem direito. Já o DF receberá 102 mil doses adicionais.

Variante delta

A nova cepa do coronavírus, muito mais transmissível que a versão original, já contaminou pelo menos 570 pessoas em todo o país, de acordo com as notificações dos estados.

Até o fim da tarde desta terça-feira (10), o Rio de Janeiro era o estado com o maior número de casos já confirmados de contaminação pela variante: 206. Em seguida vem São Paulo, com 96 registros; Distrito Federal (75); Rio Grande do Sul (64); Paraná (54); Santa Catarina (34) e Goiás (10).

O Ministério da Saúde informou ainda que não estão sendo descontadas as doses excedentes que o estado São Paulo retirou, no quantitativo previsto para o estado da vacina Coronavac, na distribuição anterior. “Elas serão descontadas nas próximas pautas e redistribuídas aos outros estados”, disse a pasta em uma publicação nas redes sociais. A pasta disse que haverá uma compensação gradual das doses da Pfizer para o estado de SP, conforme acordo entre os governos federal e paulista.

Fonte: Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui