Rafael Prudente anuncia aprovação de crédito suplementar para cultura de mais de R$ 100 milhões

DF tem maior programa de fomento à cultura do Brasil em 2021

Crédito suplementar ao Fundo de Amparo à Cultura é o maior valor investido no setor em todo o país; recurso foi aprovado na CLDF onde recebeu apoio do presidente da Casa, Rafael Prudente

Por Cláudio Ulhoa

O projeto de lei do Executivo que destina via crédito suplementar R$ 91,6 milhões foi aprovado na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), nesta quarta-feira (15). Assim, o governo diz que será destinado já neste ano cerca de R$ 144,6 milhões para a Secretaria de Cultura distribuir em ações de fomento às manifestações culturais e artísticas.

Conforme o governo, esse montante coloca o DF como a unidade da Federação que, no momento, mais investe recursos públicos no segmento da cultura. Com isso, o governo consegue, através de sua Secretaria de Cultura e Economia Criativa realizar – a partir desta quinta-feira (16) – consulta pública com vistas à publicação, na próxima semana, do edital FAC Brasília Multicultural 2.

“A área de cultura tem um importante papel na sociedade e também na economia do DF. Esse fomento de mais de R$ 144 milhões será importante na manutenção de atividades culturais prejudicadas pelas medidas sanitárias impostas na pandemia”, disse o governador do DF, Ibaneis Rocha. “Também sabemos que vai colocar comida no prato de muitos artistas que até então não viam outra alternativa para dar prosseguimento aos seus trabalhos”, complementou o mandatário.

Outro que se manifestou com relação à aprovação do crédito suplementar foi o próprio presidente a CLDF, Rafael Prudente (MDB), que em vídeo divulgado em suas redes sociais, anunciou a votação e comentou sobre o intuito d proposta.

“Esperamos que esta aprovação deste crédito possa ser um refrigério para toda essa comunidade cultural. Esperamos também que a Secretaria de Cultura possa saber democratizar esses recursos para todos nos produtores”, disse Prudente.

Conforme informa a Secretaria de Cultura, nas próximas horas serão divulgadas as linhas de financiamento, destacando o audiovisual (cinema), eventos e festivais que promovam emprego e renda na cidade.

Agora, artistas e produtores culturais já podem encaminhar suas sugestões, até 20 de setembro, pelo e-mail [email protected].

*Cláudio Ulhoa – Jornalista membro da ABBP

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui