Pesquisa mostra que desemprego caiu no DF

Desemprego diminui no Distrito Federal, diz Codeplan

A redução ocorreu entre os meses de junho e julho, quando 34 mil pessoas saíram do desemprego

Por Redação

O desemprego no Distrito Federal caiu de 21,6% para 19,1% entre os meses de junho e julho deste ano. O resultado foi obtido pela Pesquisa de Emprego e Desemprego no Distrito Federal (PED) e divulgado nesta terça-feira (25). A pesquisa é coordenada pela Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan) e pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Em números, essa redução foi de 34 mil pessoas que saíram do desemprego.

O mercado de trabalho também absorveu mais mão de obra, segundo a pesquisa. Constatou-se que 48 mil pessoas foram contratadas entre junho e julho. Isso significa um aumento de 4% e ele foi dividido da seguinte maneira: – 26 mil no setor de serviços, 12 mil no comércio e reparação e 2 mil na indústria de transformação.

Essas contratações aconteceram no setor privado, porque no âmbito público, houve redução em relação à mão de obra de 1,7% ante julho de 2019.

“Os dados da PED mostram uma melhora do mercado de trabalho desde abril, apontando aumento no número de ocupados e redução do número de desempregados”, diz a diretora de estudos e pesquisas socioeconômicas da Codeplan, Clarissa Schlabitz.

Em maio deste ano, Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED) detectou que havia 333 mil pessoas desempregadas no DF. Esse resultado, se comparado ao mesmo período do ano passado, indicava um salto de 19,8%, em 2019, para 20,7% neste ano.

Para a diretora da pesquisa, o resultado atual mostra um avanço, mas ainda não se pode falar em retomada plena do emprego. “Porém, quando comparado a outros anos, ainda se observa um mercado de trabalho bastante impactado pela crise sanitária atual”, ressalta Schlabitz.

Para ver a pesquisa na íntegra clique aqui.

Fonte Blog do Ulhoa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui