“Pedro Ludovico transferiu a capital, mas quem construiu Goiânia foi Iris”, diz Caiado durante homenagens ao prefeito

O governador Ronaldo Caiado durante série de homenagens ao prefeito Iris Rezende, no Sesc Cidadania, em Goiânia: “É o maior construtor de obras no Estado de Goiás”Fotos: Hegon Corrêa

Governador participa de ações promovidas pela Fecomércio em reconhecimento aos 62 anos de vida pública do gestor municipal. “É reconhecimento de um homem que se tornou referência na política do Estado e do Brasil”, afirma, durante solenidade realizada no Sesc Cidadania

O governador Ronaldo Caiado participou, na manhã desta quinta-feira (10/12), de uma série de homenagens ao prefeito de Goiânia, Iris Rezende, promovida pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Goiás (Fecomércio). “A transferência da capital foi feita por Pedro Ludovico, mas quem construiu Goiânia foi Iris Rezende”, destacou Caiado, ao qualificar, com a comparação, a importância histórica do líder que saiu de Cristianópolis aos 15 anos para exercer a atividade política por mais de seis décadas.

“O carinho e o conhecimento que vossa excelência [Iris] tem por cada lugar, cada bairro é algo impressionante”, acrescentou o governador, ao citar que a paixão de Iris também se estende por todo o território goiano. “É o maior construtor de obras no Estado de Goiás”, garantiu, durante a solenidade realizada no Sesc Cidadania, na capital.

O prefeito devolveu as palavras de deferência a Caiado. “Vou honrá-lo enquanto Deus me conceder vida”, confirmou. “Agradeço a Deus e a Vossa Excelência, um homem que suspende suas obrigações diárias e se desloca para cá”, continuou, ao falar sobre a parceria estabelecida entre os dois ao longo dos anos.

Ainda durante o pronunciamento, o governador disse que Iris deixará a política sem qualquer mancha ao longo desses 62 anos de trajetória. “É orgulhoso termos um líder político com toda a sua trajetória sem mácula, sem nódoa, e podendo transmitir aos seus filhos, netos como se faz uma política com dignidade, ética, altivez e transparência”, afirmou Caiado. A importância da homenagem foi assinalada pelo líder do Executivo goiano. “É o reconhecimento de um homem que é referência na política do Estado de Goiás, como também na nacional.”

O governador relatou sua proximidade com o prefeito. “Convivi o dia a dia com ele em toda a minha campanha quando fui eleito senador da República”. Segundo Caiado, aquela rotina foi um marco na relação com Iris. “Passamos a conversar até altas horas do dia e da noite, e isso foi nos aproximando”, detalhou.

Mérito

Foram realizadas quatro ações em reconhecimento aos 62 anos de vida pública do prefeito. O presidente da Fecomércio, Marcelo Baiocchi Carneiro, entregou ao líder do Executivo municipal a Comenda do Mérito do Comércio. “Fizemos uma programação extensa, mas ainda assim reconhecemos ser incapazes de dar conta da dimensão do que Iris representa para Goiás”, disse. “As histórias do Estado e de Goiânia se dividem entre antes e depois de Iris. Listar as obras, ações, programas com 62 anos de vida pública é simplesmente impossível”, complementou.

Marcelo Baiocchi também comentou sobre as ações encabeçadas, tanto por Iris como pelo governador Ronaldo Caiado, no sentido de combater a Covid-19 em Goiânia e no interior. Segundo o presidente da Fecomércio, graças à abertura de diálogo com os dois líderes políticos está sendo possível controlar os casos da doença. “Pudemos estabelecer uma melhor forma democrática de termos os resultados que temos hoje”, ponderou.

Outra ação que marcou a manhã de homenagens foi a abertura da Exposição Permanente sobre a Trajetória Política e Administrativa de Iris. Entre os itens e pertences que ficarão expostos ao público estão uma maquete em madeira das casas construídas pelo prefeito na Vila Mutirão, ainda no ano de 1985, uma credencial de imprensa do Comício das Diretas Já, de 1984, além de documentos e medalhas do político.

O acervo tem ainda edições originais de revistas que contam a história política do atual prefeito da capital e o primeiro livro no qual ele foi capa, no ano de 1967. Segundo o diretor regional do Sesc/Senac, Leopoldo Veiga Jardim, com a exposição, todas as pessoas que frequentam o local poderão conhecer a história de Goiânia por meio da história do prefeito. “Todos nós nos orgulhamos muito de Iris Rezende Machado”, disse.

Ainda na manhã desta quinta-feira, o auditório do Sesc Cidadania foi batizado com o nome do prefeito. O evento contou ainda com o lançamento do livro “Iris sob a ótica de observadores especiais”, de autoria de Luiz de Aquino, da Academia Goiana de Letras (AGL). A obra traz textos de cantores como Marcelo Barra e Nila Branco, dos jornalistas Handerson Pancieri, Rosenwal Ferreira e Pablo Kossa, entre outros. Nas páginas também pode ser encontrada a íntegra dos discursos de Iris nas posses do primeiro e do último mandato como prefeito de Goiânia, em 31 janeiro de 1966 e 1º de janeiro de 2017, respectivamente.

Emocionado, Iris creditou o sucesso na vida pública à sua espiritualidade. Ele relatou que, indo contra o desejo do próprio pai, resolveu entrar na política. “Eu disse: ‘Oh pai, olha, eu não posso atender ao senhor, mas eu tenho o entendimento, a minha presença no meio do povo, política estudantil, grêmio, não é coisa minha, é coisa de Deus’”, contou.

Na época, em 1958, ele elegeu-se vereador com a maior votação proporcional da história – e a maior em números absolutos naquela época. Iris atribui à capital as conquistas na vida política. “Não fosse Goiânia me elegendo vereador mais votado, não fosse Goiânia me elegendo deputado mais votado, não fosse Goiânia me elegendo prefeito, Goiás não teria me conhecido”, sublinhou. “Tenho por essa cidade um conhecimento e um afeto muito profundo. A cada homenagem, entendo que a minha responsabilidade vai se agigantando”.

Também participaram da solenidade a secretária de Desenvolvimento Social de Goiás, Lúcia Vânia; o desembargador Anderson Máximo de Holanda, que representou o Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO); o reitor da Universidade Federal de Goiás (UFG), Edward Madureira; o vice-prefeito eleito de Goiânia, Rogério Cruz; o senador Luiz do Carmo; além de secretários municipais e familiares do homenageado.

Secretaria de Comunicação (Secom) – Governo de Goiás

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui