Operação Recall | Detran revisou todos os contratos em março, quando a nova direção assumiu

Outra medida foi a imediata substituição da chefia da unidade, que se tratava de um cargo comissionado sem vínculo com o Departamento

Em relação à operação Recall, deflagrada nesta terça-feira (4), o Departamento de Trânsito do Distrito Federal informa que quando assumiu a direção do Detran-DF, em março/2020, a atual gestão adotou como primeira medida, a revisão de todos os contratos e gastos da Autarquia.

Ao se deparar com valores exorbitantes no contrato de manutenção veicular, a direção-geral demandou as autoridades competentes para que apurassem possíveis irregularidades praticadas nas gestões anteriores. Além disso, fez a imediata substituição da chefia da unidade, que se tratava de um cargo comissionado sem vínculo com o Departamento.

No primeiro mês, já ficou evidente a redução nos gastos: de R$450 mil, em média, para cerca de R$130 mil.

Informações Assessoria Detran-DF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui