Obras dos papa-entulhos em Santa Maria vão começar

Foto: Arquivo / Agência Brasília

Cidade receberá duas primeiras unidades para ajudar a manter as ruas limpas. A meta é levar serviço a 62 pontos do Distrito Federal

O projeto de construção de dois papa-entulhos em Santa Maria passou por mais uma fase: a assinatura da ordem de serviço. A empresa contratada por R$ 421.353,09 tem prazo de 120 dias, contados a partir de 17 de junho, para erguer os equipamentos públicos que vão receber a entrega voluntária de materiais. A expectativa é que medida ajude a manter as ruas limpas, já que são recolhidos, em média, 60 toneladas por mês na região.

O modelo seguirá os padrões dos outros dez papa-entulhos já em funcionamento no Distrito Federal, que se alteram apenas conforme configurações dos terrenos. O contrato, assinado por um valor 19% menor que a estimativa inicial, vem de verba de emenda parlamentar paga com recursos do GDF. Os equipamentos serão erguidos na Fazenda Saia Velha e no Núcleo Rural Alagado, com gestão do Serviço de Limpeza Urbana (SLU).

Engenheiro do SLU, Edmundo Gadelha explica que, em cada ponto, serão instalados quatro contêineres, cada um com cinco metros cúbicos – equivalente a mil litros de capacidade –, para que os moradores despejem voluntariamente entulho, podas, volumosos, materiais recicláveis e óleo de cozinha usado. O período de descarte vai das 7h às 18h. Cada cidadão pode descartar até um metro cúbico de resíduo por dia, seja com contratação de carroceiros, seja com veículo próprio.

“As instalações criam a possibilidade de que as pessoas possam levar esse material próximo de casas e não sejam descartados em qualquer lugar. Sabemos que mais de 80% do entulho produzido no DF é de pequenas reformas em casa. De quem ajeita um banheiro ou troca um piso, por exemplo”, diz o engenheiro Edmundo Gadelha. Em Santa Maria, o cercamento da área para início das obras deve acontecer nesta semana.

Por qualidade de vida

Administrador Regional de Santa Maria, Renato Couto conta que esses espaços servirão para melhorar a qualidade de vida da população em forma de conscientização. “Identificamos que os locais onde serão instalados os papa-entulhos são os que tem maior número de descarte irregular de lixo e entulho, com grandes focos de dengue”, conta.

De acordo com ele, são retirados das ruas da cidade cerca de 60 metros cúbicos de lixo e entulho por mês. “A comunidade, por falta de informações ou até falta de espaços como esses que ganharemos agora, acaba jogando rejeitos em lugares indevidos. Com os dois equipamentos, que serão os primeiros da cidade, conseguiremos melhorar um pouco esse costume”, planeja.

Morador do Núcleo Rural Alagados há 12 anos, o pedreiro Marcelo Gonçalves aponta mais uma vantagem para a instalação. “A gente sabe que as coisas jogadas na rua juntam água e é lugar pro mosquito da dengue aparecer”, diz. Diagnosticado duas vezes com a doença transmitida pelo Aedes aegypti, ele espera redução dos riscos nas redondezas.

Por todos os cantos

Hoje, há dez equipamentos em pleno funcionamento: Taguatinga, Planaltina, Gama, Guará, Asa Sul, dois em Brazlândia e três em Ceilândia. É possível identificar o papa-entulho mais próximo de casa no site do SLU. O uso para descarte é gratuito. Além de preservar o meio ambiente e manter a beleza da cidade, o cidadão evita o risco de ser flagrado pelos órgãos de fiscalização cometendo irregularidades. No primeiro trimestre deste ano, eles receberam 3.403 toneladas de resíduos. Em 2019, foram 8.659 mil quilos.

A meta é instalar 62 pelo DF. “Quanto mais equipamentos espalhados, mais possibilidades há para a população, que sente que pode usar de forma fácil e segura. Precisamos oferecer isso para o cidadão”, diz o engenheiro do SLU, Edmundo Gadelha. Além de Santa Maria, a obra da unidade de Águas Claras está em fase final, aguardando apenas a instalação da subestação de energia elétrica para entrar em operação.

No Recanto das Emas e no Paranoá, a licitação deve sair em breve. Aguardam a cessão de uso duas instalações no Jardim Botânico, duas no Park Way, uma no Lago Sul e outra no Guará I.  Além disso, dez áreas já têm permissão: Gama, Riacho Fundo I, Núcleo Bandeirante, São Sebastião, Paranoá, Estrutural, Varjão, duas em Sobradinho, e uma segunda unidade em Taguatinga.

Não é permitido descartar nos papa-entulhos: resíduos domésticos (orgânicos e rejeitos); industriais; de serviços de saúde; eletrônicos; pneus; embalagens de agroquímicos; de produtos fitossanitários e de óleos lubrificantes; lâmpadas, pilhas e baterias; equipamentos ou materiais que tenham metais pesados; gesso; espelhos; vidros; amianto; tintas; solventes e tonner.

Confira a localização de cada papa-entulho em funcionamento: 

ASA SUL

  • Endereço: Núcleo de Limpeza de Brasília, Avenida das Nações (L4 Sul, ao lado da Estação de Tratamento de Esgoto Brasília Sul)

CEILÂNDIA

  • Endereço: Núcleo de Limpeza de Ceilândia – localizado na QNN 29 Módulos G a K Área Especial, próximo ao IESB

  • Endereço: QNP 28 Área Especial – P Sul s/nº Área da Usina do SLU (depois do Terminal Rodoviário do Setor P Sul)

  • Endereço: QNM 27, lote C – Pátio de Serviço da Administração Regional de Ceilândia

TAGUATINGA

  • Núcleo de Limpeza Urbana de Taguatinga – localizado na QNG 47 Área Especial nº 09

BRAZLÂNDIA

  • Núcleo de Limpeza de Brazlândia – localizado na Área Especial 02 Norte, Lote K, Setor Norte (próximo à 18ª Delegacia de Polícia)

  • Quadra 33, Área Especial nº 3, Vila São José, BR 430, Km 01, Sentido Capão da Onça – Rodeador

GAMA

  • Núcleo de Limpeza do Gama – Avenida Contorno localizado na Área Especial, Lote 02, Setor Norte (ao lado do Detran)

GUARÁ

  • SRIA IIA QE 25 Área Especial do CAVE (próximo à Feira Permanente)

PLANALTINA

  • Núcleo de Limpeza Urbana de Planaltina – localizado na Área Especial 02, lote 11/12 Setor Norte (próximo ao Batalhão da PMDF)

Informações Agência Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui