Novos beneficiários do Prato Cheio recebem nesta quarta

Os quase 30 mil novos contemplados devem consultar o site GDF Social

As 29.346 novas famílias beneficiárias do Prato Cheio vão começar a retirar o cartão a partir desta quarta-feira (27). Os contemplados devem consultar o site GDF Social para saber onde e quando devem retirar o cartão.

Com essas novas inclusões, o Cartão Prato Cheio passa a atender 38.187 famílias. “O objetivo desse programa é seguir, cada vez mais, abrangendo pessoas em situação de vulnerabilidade. Aos poucos, estamos cumprindo esse propósito”, enfatiza a secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha.

De acordo com o cronograma estabelecido pelo Banco de Brasília (BRB), a entrega dos cartões vai obedecer a ordem alfabética, com base no nome do responsável da família que fez a solicitação do benefício:

  • Quarta-feira (27/10) – Iniciais do nome: A a D
  • Quinta-feira (28/10) – Iniciais do nome: E a I
  • Sexta-feira (29/10) – Iniciais do nome: J a L
  • Segunda-feira (1º/11) – Iniciais do nome: M a P
  • Quarta-feira (3/11) – Iniciais do nome: Q a Z

Pagamento

38.187é o total de famílias atendidas com as novas inclusões

A partir desta terça-feira (26), o crédito de R$ 250 começa a ser feito para cada uma das 38.187 famílias beneficiárias. Devido a trâmites burocráticos, é possível que, para algumas pessoas, a verba demore um pouco mais para estar na conta.

Para aqueles que estão recebendo a sexta parcela do benefício agora, ou seja, a última do ciclo, é importante agendar um novo atendimento nas unidades socioassistenciais para passar por uma reavaliação da situação socioeconômica de sua família. Basta ligar no 156 ou acessar o site da Secretaria de Desenvolvimento Social.

O critério para inclusão no programa é ter renda familiar igual ou inferior a um salário-mínimo per capita, estar em situação de insegurança alimentar, residir no DF e estar inscrito no Cadastro Único ou no Sistema de Informação da Sedes. A inclusão ocorre após atendimento pelo site da Sedes, número 156 ou nos dois Centros de Referência Especializados para População em Situação de Rua (Centros Pop).

Informações BRB

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui