“Não é hora de se falar em 2022, mas de combate à covid, diz vice-governador do DF

"Vamos continuar trabalhando para salvar vidas. É isso que importa neste momento", pontuou Paco Brito

O vice-governador do Distrito Federal, Paco Brito, afirmou que grande parte da classe política do DF resolveu antecipar a campanha eleitoral de 2022

“Estão se esquecendo que milhares de pessoas perderam suas vidas e centenas lotam os hospitais, o que obriga o GDF a tomar medidas importantes para não deixar colapsar o sistema de saúde”, disse Paco Brito.

Ele  afirmou ao RadarDF que o coronavírus vai continuar matando se não houver uma imunização total da população.

Disse ainda que, desde o primeiro caso, registrado na capital federal, o governador  Ibaneis Rocha tem tomado medidas importantes para conter o avanço da pandemia.

“Estamos vivendo uma guerra marcada por mais de 292.752 no país. O que resta às pessoas é se proteger do inimigo invisível que só pode ser combatido, definitivamente, com imunizantes, o que depende de liberação do governo federal”, disse.

O vice-governador comemorou a chegada neste sábado (20), de mais 48 mil doses da vacina no DF que irá permitir abranger mais faixas etárias na campanha de imunização local.

“Estamos correndo contra o tempo para vacinar a maior quantidade de pessoas, o mais rápido possível”, afirma Brito ao anunciar a decisão do governador Ibaneis Rocha de imunizar idosos de 69 anos ou mais a partir de segunda-feira (22).

Voltando ao cenário político eleitoreiro, bem mais visível no DF do que o próprio coronavírus, Paco Brito criticou, sem mencionar nomes, os que trabalham contra as ações e medidas restritivas do governo do Distrito Federal que visam proteger a população.

“Quem apoia as aglomerações e a política do quanto pior, melhor, pesando apenas se dar bem em 2022, está na contramão do sentimento de dor das 5.355 famílias enlutadas por terem perdido seus entes queridos.”

Paco Brito destacou que o governo do Distrito Federal tem feito ações muito importantes no combate a pandemia e, ao mesmo tempo, ações direcionadas a recuperação econômica que salvam empresas.

“Além disso, o nosso governo está fazendo grandes investimentos em obras que geram empregos e toca programas sociais que levam dignidade à população vulnerável”.

Por fim, o vice-governador disse ainda que a forma como o governador Ibaneis Rocha vem lidando com a pandemia tem a aprovação da maioria da população do DF, conforme os dados apontados pelo Instituto Exata Opinião Pública, divulgada na última quarta-feira (17).

Informações do RadarDF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui