Longas filas marcam vacinação contra covid-19 no Distrito Federal

O início da vacinação contra covid-19 para pessoas a partir de 37 anos foi marcado por longas filas na manhã de hoje (23), no Distrito Federal. Em busca da primeira dose, os moradores da capital federal madrugaram na porta dos postos. Ontem (22), o governo do Distrito Federal anunciou um mutirão para essa faixa etária e a disponibilização de 100 mil doses.

No posto de saúde da 612 Sul, as filas começaram cedo e, no início da manhã, levava-se cerca de duas horas para receber o imunizante.

“Estamos muito felizes por temos sido vacinados. Graças a Deus chegou a hora. Demorou, mas chegou a hora. Viva o SUS”, disse o advogado recém vacinado Alexandre Machado, de 40 anos, acompanhado da esposa, após encarar uma fila que, no início da manhã, estava em 500 metros.

No outro extremo da fila, que foi aumentando ao longo da manhã, o servidor público Rodrigo Guimarães, 37 anos, não se deixou abater pela distância até o local de vacinação. “Está grande, mas parece que está andando bem. Vamos ver. Está atrasado [para as pessoas com faixa etária de 37 anos receberem a vacina], mas melhor agora do que nunca”, disse.

A rapidez com que a fila andava foi confirmada pela enfermeira Rúbia Abdel, 39 anos, que chegou às 7h e foi vacinada por volta das 9h. “Achei a fila ágil, pelo tempo que a gente chegou. Não ficamos muito tempo na fila.”

Após algumas tentativas de agendar, sem sucesso, sua vacina, a técnica em nutrição Raquel da Silva, 43 anos, disse estar “esperançosa” de, enfim, conseguir se imunizar contra a covid-19. “Tenho pressão alta, fui no médico e fiz laudo. Mas não aceitaram por ser um medicamento só [o utilizado no tratamento]. Como sou técnica em nutrição, tentei com minha carteirinha, mas não aceitaram. Esperei então [chegar a hora da] minha idade, para tomar. Tomara que dê certo”.

Agendamento

Até a semana passada, o esquema de imunização no Distrito Federal era feito por agendamento, pela internet. Depois de inúmeras críticas relativas à instabilidade do site e à falta de vagas, o governo resolveu adotar um novo procedimento. A partir de hoje, basta ir a um posto de saúde com um documento de identificação que comprove a idade para que o cidadão seja vacinado. Confira a lista com os postos de saúde abertos para vacinação contra covid-19 no DF.

Governo do Distrito Federal

Contatada pela Agência Brasil, a Secretaria de Saúde do DF informou ter adotado “todos as medidas para evitar ou reduzir as filas no processo de vacinação”. Para tanto, o número de postos de atendimentos foram ampliados de 53 para 96 e cerca de 500 profissionais trabalham em tempo integral para organizar as filas, preencher cartões e realizar a aplicação da vacina.

“Mesmo assim, era previsto a formação de filas, principalmente nos horários iniciais, devido à ansiedade da população para conseguir a vacina”, informou a secretaria ao pedir, à população, que observe as medidas de segurança, como o uso de máscara, a manutenção do distanciamento entre pessoas e o uso do álcool em gel para higienização.

Fonte: Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui