Justiça propõe novo calendário para escolas particulares do DF

Proposta sugere volta gradual das escolas, iniciando com os alunos do ensino médio e de cursos profissionalizantes

Com a nova proposta, a ideia é que o retorno acontece já no próximo dia 10; Sinepe-DF é contra a volta das atividades neste momento

Por Redação

Um acordo entre representantes do Governo do Distrito Federal (GDF), do Ministério Público do Trabalho (MPT) e dos sindicatos das empresas e dos trabalhadores da rede privada de ensino do DF pode fazer com que as aulas nas escolas particulares voltem neste mês de agosto. Depois de ser sido suspensa a volta às aulas na rede particular, no dia 25 de julho, por decisão judicial, o impasse continuou até que em audiência no Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região, ficou previamente decidido um novo cronograma para o retorno às aulas.

A proposta discutida é que o retorno acontece primeiro com alunos do ensino médio e de cursos profissionalizantes, isso aconteceria no dia 10 de agosto. Depois, no dia 17, seria a vez dos alunos do ensino fundamental II, e no dia 24 de agosto, retomariam as atividades os estudantes do ensino fundamental I e educação infantil. A ideia ainda não foi definida e nem acordada entre as partes. Mas a juíza que decidiu sobre o caso, a magistrada Adriana Zveiter, destacou que se não houver acordo, a decisão poderá ser tomada por ela de forma monocrática.

O Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do DF (Sinepe-DF)diz não concordar com postura da juíza de decidir sobre os rumos das escolas, uma vez que elas teriam autonomia assegurada em lei para tratar sobre o retorno. O sindicato não é favor da volta às aulas neste momento. “A autonomia das escolas e o retorno imediato das aulas, considerando que as escolas, desde março, estudam as medidas de profilaxia”, disse o Sinepe-DF, em nota divulgada à imprensa.

Já o GDF – que elaborou o calendário de volta às aulas na rede pública – diz estar ciente da necessidade de implantar medidas de segurança nas escolas para proteger alunos e funcionários. Segundo o governo, para tanto foi criado protocolos de segurança sanitária para as escolas e que esse protocolos foram encaminhados ao Sinepe-DF.

“A maior parte das orientações já consta no próprio Decreto 40.939, entre elas: distanciamento, disponibilização de álcool em gel, uso de máscaras de proteção facial e aferição de temperatura”, informa o GDF.

Fies

Começa hoje, 4, a divulgação do resultado dos candidatos pré-selecionados no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). As inscrições devem ser complementadas também a partir de hoje e segue até quinta-feira (6) até às 23h59. O resultado pode ser acessado aqui.

Resultado do Fies será divulgado hoje (4)

Para o que não foram selecionados ainda há opção de concorrer a vagas ofertadas pela lista de espera. Nesse caso, o prazo de convocação segue até as 23h59 de 31 de agosto.

O Fies é um programa do MEC que concede financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos, em instituições particulares de educação superior.

Fonte Blog do Ulhoa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui