Juntos pelo Araguaia sai do papel e já conta com aporte de R$ 43 milhões

O governador Ronaldo Caiado durante início da etapa executiva do Projeto Juntos pelo Araguaia, em evento no município de Piranhas, em 18 dezembro de 2020: maior projeto de recuperação ambiental do mundo, com participações dos Governos de Goiás, Mato Grosso e Ministério de Desenvolvimento Regional (MDR), já conta com aporte de investimentos de empresas como Anglo American, Hypera Pharma e Rumo Logística. Foto: Secom

Programa amplia parcerias junto a empresas para investimentos na Bacia do Alto Araguaia, iniciativa dos Governos de Goiás, Mato Grosso e Federal, por meio do Ministério de Desenvolvimento Regional. Ao todo, serão revitalizados 10 mil hectares nos dois estados. Instituições preparam para Semana do Meio Ambiente, na primeira quinzena de junho, plantio de mudas de espécies nativas do cerrado em propriedade rural. “Esse é o maior projeto de recuperação ambiental do mundo”, diz governador Ronaldo Caiado

O programa Juntos pelo Araguaia sai do papel e já conta com aporte de R$ 43 milhões captados junto a empresas parceiras para investimentos na Bacia do Alto Araguaia. A iniciativa agrega esforços conjuntos dos governos de Goiás, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), do Mato Grosso e Federal, em trabalho coordenado pelo Ministério de Desenvolvimento Regional (MDR). Ao todo, participam 16 municípios goianos e 12 mato-grossenses.

As instituições parceiras do programa preparam para a Semana do Meio Ambiente, na primeira quinzena de junho, ação a ser realizada na Bacia do Alto Araguaia, com plantio de mudas de espécies nativas do cerrado em propriedade rural, com presença do governador Ronaldo Caiado.

Lançado em 5 de junho de 2019, Dia Mundial do Meio Ambiente, o foco do programa está na recuperação ambiental. Ao todo, serão revitalizados 10 mil hectares em ambos os estados: 5 mil em Goiás e 5 mil no Mato Grosso. Para tal, será construído o Centro de Desenvolvimento Florestal e de Pesquisa de Espécies Nativas do Cerrado, em Piranhas, que fornecerá mudas para a implantação do programa.

“Esse é o maior projeto de recuperação ambiental do mundo”, diz o governador Ronaldo Caiado ao destacar que as parcerias com a iniciativa privada são fundamentais para o desenvolvimento do programa. Ele reitera a necessidade de se preservar o patrimônio. “O Araguaia é muito emblemático para o Estado de Goiás. Tem a beleza natural, boa parte das nossas histórias passam pelo rio, tudo converge naquele lindo cartão postal”, pontua.

Entre os investidores está a empresa Anglo American, que destinou R$ 7 milhões que vão beneficiar a recuperação de cerca de 100 hectares em Piranhas, dentre outras ações. A etapa executiva do projeto teve início no final de dezembro de 2020, evento que contou com a presença dos governadores de Goiás, Ronaldo Caiado, do MT, Mauro Mendes, além do ministro do Desenvolvimento Regional (MDR), Rogério Marinho.

Outro parceiro do programa é a empresa Hypera Pharma, que aportou R$ 11 milhões para recuperação de 160 hectares nos municípios de Santa Rita do Araguaia e Portelândia, além da construção de um viveiro de mudas a ser criado na cidade de Mineiros. O lançamento do empreendimento vai ocorrer durante a semana do meio ambiente, primeira de junho deste ano, no município, em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente.

A Rumo Logística, operadora de logística ferroviária, também é parceira do Juntos pelo Araguaia e vai destinar R$ 24,9 milhões ao programa. Na última terça-feira (04/05), uma reunião entre representantes da Semad, Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) avançou no diálogo com a empresa acerca do lote e área de atuação na Bacia do Alto Araguaia, que serão definidos em junho.

Juntos pelo Araguaia

O projeto Juntos pelo Araguaia visa recuperar os 2.600 quilômetros de extensão do Rio Araguaia, que passa pelos estados de Goiás, Mato Grosso, Tocantins e Pará. Ao todo, a bacia possui extensão de mais de 350 mil quilômetros quadrados. De acordo com o Governo de Goiás, na primeira etapa a meta é recuperar 10 mil hectares de áreas degradadas às margens do rio.

Segundo detalha a titular da Semad, secretária Andréa Vulcanis, a iniciativa é de conscientização e preservação da bacia do Rio do Centro-Oeste, e visa promover um trabalho mútuo da política de Estado, em conjunto com o setor produtivo. “Essa é uma proposta única no Brasil em que dois Estados deram as mãos para organizar esse projeto. Meio ambiente é produzir, e também cuidar, respeitando tudo e todos”, defende.

Selo

Com o objetivo de reconhecer os parceiros do maior programa de revitalização de bacias hidrográficas do Brasil, que tem como marca a inovação em restauração florestal, conservação de solo e engajamento social integrado para a revitalização da Bacia Hidrográfica do Alto Rio Araguaia, o Governo de Goiás criou os selos do Juntos pelo Araguaia. São cinco modalidades.

I – Selo de Patrocinador: concedido a instituições ou pessoas físicas que efetivarem patrocínio financeiro à execução do projeto, seja por meio de doação ou financiamento, sem vínculo com o cumprimento de obrigações legais;

II – Selo de Partícipe: destinado a instituições ou pessoas físicas que financiarem o projeto em razão do cumprimento de obrigações de quaisquer naturezas junto a órgãos ambientais ou outras instituições de natureza pública;

III – Selo de Instituição Executora: cedido a instituições que executarem a contento os projetos de recuperação de áreas degradadas e de recomposição de vegetação nativa no âmbito das propriedades rurais, conforme a metodologia do projeto executivo do Programa Juntos pelo Araguaia;

IV – Selo Amigo do Araguaia: entregue aos detentores de imóveis rurais que acolherem o projeto e demonstrarem promover os cuidados e ações necessários à manutenção e monitoramento das atividades de recuperação ambiental realizadas;

V – Selo Notável Benfeitor do Araguaia: concedido a pessoas físicas ou jurídicas que prestarem colaboração, apoio efetivo ou participação, considerados essenciais para o sucesso do projeto, em qualquer de suas etapas, desde a sua concepção.

O Selo Juntos pelo Araguaia será concedido pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) mediante validação de comitê interinstitucional, composto também por representantes da União e do governo do Estado do Mato Grosso, visando conferir unicidade, integridade e uniformidade nas ações do projeto.

Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) – Governo de Goiás

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui