Ibaneis sobre Bolsonaro: Prazer em dizer que sou um apoiador do governo

Governador emendou que o mandatário está "muito bem cercado" e agradeceu as nomeações de Flávia Arruda e de Anderson Torres para cargos no governo federal

Em evento em São Sebastião, o governador se posicionou a favor da gestão Bolsonaro no combate à pandemia e agradeceu pelo apoio que tem recebido do governo federal durante a vacinação contra covid-19

Por Cláudio Ulhoa

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), participou, nesta segunda-feira (5/4), da inauguração de apartamentos populares na região administrativa de São Sebastião. Também estava presente no evento, já que o empreendimento tem apoio do governo federal, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que recebeu do governador Ibaneis a seguinte declaração: “Vou saudar meu presidente da República, eu chamo de meu porque tenho o prazer de dizer, com toda a tranquilidade, que sou um apoiador do governo Bolsonaro.”

A fala veio logo após o governador Ibaneis ter sido acusado por Bolsonaro de ter decretado um “estado de sítio” ao baixar os decretos que estabelecem o toque de recolher de 22h às 5h. “Aqui no Distrito Federal, toma-se medida por decreto, de estado de sítio, das 22h às 5h ninguém pode andar. Uma medida extrema dessa, só eu, o presidente da República, e o Congresso Nacional, poderiam tomar”, disse o presidente à época.

Portanto, esse encontro de ontem mostra que a relação entre ambos não foi abalada, e também, por outro lado, Ibaneis não mudou de postura, ou seja, continuou defendendo as medidas restritivas, o que contraria a posição do governo federal, e, ao mesmo tempo reafirmou seu compromisso em apoiar o governo Bolsonaro.

“Isso é a prova de que estamos no caminho certo e da qualidade dos políticos aqui da nossa cidade. O senhor está muito bem cercado. Flávia [atual ministra da Secretaria de Governo] e Anderson [ministro da Justiça] vão certamente ser excelentes apoiadores de seu governo. São pessoas que têm o nosso carinho. Sabemos da competência e do trabalho que vão realizar ao lado do senhor. Seu governo cresceu muito com essas duas pessoas”, lembrou Ibaneis.

Mas, ao mesmo tempo em que o governador apoiou o presidente Bolsonaro, ele também buscou sua independência enquanto gestor ao dizer que “agora é a gente acelerar a vacina [contra a covid-19], sair dessa crise e botar o país para crescer novamente, que é isso que a população espera de nós governantes”.

*Cláudio Ulhoa – Jornalista, membro da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno – ABBP

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui