GOVERNO DE GOIÁS | Ronaldo Caiado inaugura unidade prisional em Águas Lindas de Goiás

Paralisada desde 2013, a obra foi retomada no ano passado por determinação do próprio governador; ‘Ou bandido muda de profissão ou muda de Goiás’, afirmou o Caiado

Por Cláudio Ulhoa

Depois de ficar parada por mais de seis anos, as obras de construção da unidade prisional estadual de Águas Lindas de Goiás foram inauguradas nesta manhã pelo governador do Estado de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM). As obras, que foram iniciadas ainda em 2013, chegou a ter quatro paralisações e a infraestrutura da edificação já estava comprometida em razão dos desgastes com o tempo. Uma forte erosão, por exemplo, começa a invadir o espaço construído. Mas ano passado, neste mesmo período, o governador Caiado esteve na cidade e autorizou, de imediato, a retomada das obras.

“O Governo de Goiás, em 2013, fez contrato para fazer o presídio e aplainou a região. Com isso fez com o que o volume de água no local provocasse uma grande erosão e nunca veio aqui para consertar. Largou isso aqui [apontando a erosão]. Tem exatamente seis anos”, disse Caiado na ocasião.

O presídio deve extinguir a cadeia pública que já existe no município e que geralmente é alvo de críticas devido sua frágil infraestrutura. O novo presídio construído é totalmente moderno e segue novos padrões de segurança. Ele impossibilita, por exemplo, que presos tenham acesso às tubulações e tomadas na área de convivência. Além disso, ele evita que os detentos possam recarregar celulares ou qualquer outro tipo de aparelho eletrônico.

A unidade terá duas alas de 150 celas cada, sala de aula, refeitório, pátio de sol, área para encontro íntimo e atendimento psicológico, além de oito guaritas de segurança. Cada sela terá seis camas para os detentos. O valor total da obra, nessa fase de reconstrução, foi de entorno de R$ 19 milhões, recursos provenientes dos governos estadual e federal.

Durante a inauguração, que contou, além de Caiado, com a presença do prefeito de Águas Lindas, Hildo do Candango (PSDB), da primeira-dama municipal, Aleandra de Sousa, do diretor do Sistema Penitenciário Federal, Marcelo Stona, do secretário estadual de Segurança Pública, Rodney Rocha Miranda, além de outros representantes públicos.

Segurança pública

Em sua fala durante a inauguração, Ronaldo Caiado lembrou que, antes de seu governo, a região do Entorno do Distrito Federal, era tratada como uma “lugar perigoso” e dominados por “quadrilhas”. Com isso, ele explicou, muitos governos deixaram a região abandonada. Além da falta de segurança pública, o governador salientou que inexistia também qualidade na educação, na saúde e área de lazer e cultura.

A unidade terá duas alas de 150 celas cada, sala de aula, refeitório, pátio de sol, área para encontro íntimo e atendimento psicológico

“Essa parceria e essa determinação das nossas polícias tem trazido aquilo que chama liberdade. O cidadão, aqui em Águas Lindas, para pegar o ônibus quatro horas da manhã, cinco horas da manhã, tinha que esconder o telefone celular dele na meia, para não ser assaltado até o ponto de ônibus”, disse Caiado.

Sobre a gestão que seu governo vem desenvolvendo exclusivamente na área da segurança pública, o governado lembra que tem dado resultado. “Goiás é um Estado, hoje, que não tem um assalto a banco desde que nós assumimos o governo. Nunca bandido cresceu aqui.”

O governador reforçou que sua gestão vai também incentivar o desenvolvimento industrial na região do Entorno, para isso ele pediu apoio ao prefeito de Águas Lindas para implantar um polo industrial na região.

Antes de encerrar seu pronunciamento, Caiado fez questão de ressaltar que durante seu governo, a valorização do cidadão e de sua vida está acima de tudo. E deixou um conselho: “Ou bandido muda de profissão ou muda de Goiás porque aqui não vai ter espaço para bandidagem no meu Estado enquanto eu for governador.”

Fonte Blog do Ulhoa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui