Governo de Goiás inicia nova entrega de kits de alimentação para estudantes da rede pública estadual

Estudantes de todos os municípios começam a receber kit alimentação para garantir segurança alimentar. Fotos: Coordenação Regional de Santa Helena/Seduc

Distribuição segue protocolo de biossegurança definido pelo Centro de Operações de Emergências (COE). Pais de alunos devem agendar retirada dos alimentos para evitar aglomerações em escolas

A segurança alimentar dos estudantes goianos é uma das principais preocupações do Governo de Goiás nesse período de pandemia. Por isso, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) inicia, nesta quinta-feira (25/03), a segunda entrega de kits de alimentação do ano letivo de 2021, dessa vez referente ao mês de março. Todos os estudantes da rede pública estadual de ensino vão receber os kits, que serão distribuídos pelas unidades escolares.

Com a suspensão das aulas presenciais devido a Covid-19, a merenda escolar foi substituída pela entrega de alimentos aos alunos. Os kits são compostos por 2kg de arroz (tipo 1), 1 kg de feijão (tipo 1), 1 molho de tomate de 340 g, 1 kg de macarrão e 3 kg de frutas, verduras e legumes variados.

Todos os itens dos kits de alimentação são adquiridos pelas escolas, de forma descentralizada, por meio de licitação ou chamada pública. Os recursos usados para a compra foram destinados pelo Governo de Goiás, por meio do Fundo Protege, e somam aproximadamente R$ 15 milhões somente neste mês.

De acordo com a gerente de Orientação e Articulação das Coordenações Regionais e Alimentação Escolar da Seduc, Terezilda Luiz da Silva, algumas unidades já iniciaram as entregas no dia 23 de março. Esse adiantamento teve objetivo de atender a uma demanda dos fornecedores locais e evitar atrasos ou perca de qualidade dos produtos.

Protocolo
Para evitar aglomeração, os pais ou responsáveis dos estudantes deverão retirar os alimentos na escola por meio de agendamento ou dentro de um período estabelecido pela unidade para cada turma. Os pais também devem assinar um termo de recebimento, atestando que retiraram o kit para benefício do estudante. O uso de máscara e de álcool em gel durante o recebimento dos alimentos é obrigatório.

Desde o início da pandemia da Covid-19, o Governo de Goiás já destinou R$ 136.286.425,00 para o programa Auxílio Alimentação, no primeiro semestre de 2020, e para a compra de kit de alimentação, no segundo semestre. Enquanto o Auxílio Alimentação atendeu aos estudantes que eram beneficiários do programa Bolsa Família, os kits de alimentação foram entregues a todos os estudantes da rede estadual. Atualmente, a rede pública estadual de ensino de Goiás possui 521.724 alunos matriculados.

Secretaria de Estado da Educação- Governo de Goiás

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui