GDF libera via em Paranoá para esporte e lazer

Assim como já acontece no Plano Piloto, a RA agora terá uma de suas principais avenidas fechada aos domingos; iniciativa também é uma ação de prevenção contra covid-19

Por Redação

Os impactos na vida das pessoas em razão da pandemia de coronavírus tem mudado a vida dos moradores do Distrito Federal. Em alguns casos, como o ocorrido em Paranoá neste domingo (5), quando foi inaugurada a abertura da avenida entre o Paranoá e o condomínio Paranoá Parque para lazer e prática esportiva. Agora, assim como a W3 Sul e o Eixão, esta avenida também vai ficar fechada para o trânsito de veículos aos domingos. A via tem 1.100 metros.

A medida foi tomada após do Governo do DF (GDF) ver na iniciativa uma forma de controlar o fluxo de pessoas em uma pista de atletismo que fica na região, e que, segundo o governo, estaria aglomerando pessoas. “O objetivo é incentivar os moradores da cidade a praticarem exercício físico, sem aglomeração”, diz o governo.

Com o retorno das atividades sociais, a prática de esportes e lazer foi permitida no DF, desde que sejam tomadas medidas de segurança e prevenção, como o uso de máscaras e não aglomeração de pessoa. Neste domingo em Paranoá, para evitar aglomerações, a presença de vendedores ambulantes foi proibida. E só foi permitido exclusivamente atividades como caminhada, corrida, ciclismo e outros veículos não motorizados.

Ação

A avenida ficou interdita foi a das 7h às 17h. O Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF) participou da ação, além de nutricionistas que orientavam população sobre a importância de se ingerir alimentos que aumentem a imunidade do corpo neste momento de pandemia. O GDF informa também que máscaras e álcool em gel foram distribuídos à população.

Moradores aproveitaram o dia de sol em Paranoá na recém-inaugurada pista de lazer

O administrador de Paranoá, Sérgio Damaceno, ao comentar sobre a iniciativa que foi encampada pela sua gestão, disse que o fechamento da avenida é para contribuir com a retomada das atividades sociais de forma controlada e coordenada pelo pode público.

“A ideia surgiu de uma preocupação, em tempos de pandemia, para que os moradores pudessem se exercitar. É uma via secundária, não há trânsito de ônibus aqui, por exemplo”, diz Damaceno.
Para ele, o grande intuito da iniciativa e construir ambiente que possam ser utilizados pela população em seus momentos de descanso. “Estamos muito felizes com essa conquista. Nossa ideia é que, pós-pandemia, esse seja mais uma opção de lazer para a população.”

Fonte Blog do Ulhoa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui