GDF lança programa para capacitar pessoas desempregadas

: Renova-DF oferta 3 mil vagas para qualificação profissional

Os participantes receberão uma ajuda de custo no valor de um salário mínimo, além de auxílio-transporte e seguro contra acidentes pessoais; ao término do curso, alunos terão acesso à linha de crédito para empreender

Por Cláudio Ulhoa

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), lançou, nesta segunda-feira (31/5), o programa Renova-DF, que irá qualificar pessoas desempregadas. Ao todo, serão oferecidas 3 mil vagas para cursos de qualificação profissional nas áreas de carpinteiro, eletricista, encanador, serralheiro, pedreiro e jardineiro.

O curso será dividido em aulas teóricas e práticas. O programa é coordenado pela Secretaria de Trabalho do DF, além de qualificar o aluno, também dará a oportunidade dele obter linhas de financiamento – com juros a 3% – para abertura de algum empreendimento e compra de ferramentas e demais materiais de trabalho, após a conclusão do curso.

“Estamos vivendo momento de pandemia onde inúmeras pessoas perderam seus empregos, vamos transformar isso em projeto permanente do DF”, disse o governador, durante o lançamento do Renova-DF, na Praça de Bíblia, em Ceilândia.

Todas as aulas serão presenciais e, no caso das aulas práticas, elas acontecerão em obras e espaços públicos do próprio Governo do DF (GDF). Além disso, cada aluno receberá uma ajuda de custo no valor de um salário mínimo, além de auxílio-transporte e seguro contra acidentes pessoais.

Lançado nesta segunda-feira (31/5), programa oferece ajuda de custo no valor de um salário mínimo aos inscritos

Cada grupo de mil alunos passará pelo treinamento ao longo de 90 dias. As aulas serão ministradas pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

O Renova-DF, segundo o governo, foi lançado para combater o desemprego na capital federal, que, segundo dados da Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan), somente em abril deste ano, atingiu 6 mil pessoas.

No total, o DF tinha 322 mil pessoas desempregadas, até abril. Com isso, o índice subiu de 19,5% para 19,6% em relação a março, segundo a Codeplan.

Confira aqui A lista da primeira chamada dos inscritos foi divulgada pela secretaria de Trabalho.

*Cláudio Ulhoa – Jornalista, membro da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno – ABBP

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui