GDF lança programa de reciclagem de produtos e aparelhos eletrônicos

GDF lança programa de inclusão digital nesta quarta (14)

O governador Ibaneis Rocha participou do lançamento do Recicloteche destacou a importância da iniciativa, que coloca o DF como a única capital da Federação com programa ativo de logística reversa e de economia circular

Por Redação

O programa de inclusão digital Reciclotech foi inaugurado nesta quarta-feira, 14, pelo governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), na região administrativa do Gama. O programa é pioneiro em diversos aspectos, mas sua principal função é dar um destino sustentável ao lixo eletrônico produzido no DF. Ibaneis, durante o lançamento do programa, destacou o ineditismo da iniciativa e ressaltou sua importância dentro da construção de uma sociedade que respeita o meio ambiente.

“Esse projeto da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do DF (Secti-DF), em parceria com a FAP (Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal) e outros órgãos, tem uma importância muito grande por ter várias fases. Desde a coleta do lixo eletrônico, que hoje é descartado de qualquer forma pela população, à parte da reciclagem e ao incentivo às crianças que vão participar desse programa para que conheçam sobre a informática e a distribuição posterior desses materiais para a população mais carente e, em especial, para as nossas escolas”, explicou Ibaneis, durante o lançamento do Reciclotech.

“O DF está na vanguarda”, diz Ibaneis ao lançar programa de inclusão digital

O programa, de fato, inaugura um novo ciclo dentro das políticas públicas do DF voltadas à destinação do lixo eletrônico. O assunto é sério e deve ser tratado com responsabilidade, tanto que, todo dia 14 de outubro, celebra-se o Dia Mundial do Lixo Eletrônico. O Reciclotech coloca o DF produtivos ou ganhar outra destinação ambientalmente adequada. O DF é a única capital da Federação com programa ativo de logística reversa e economia circular.

“Esse é um projeto revolucionário, que estamos colocando em prática aqui no DF. Vamos facilitar o acesso e a capacitação de pessoas de baixa renda, com a inclusão digital. É uma revolução tecnológica na capital da República”, disse o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Gilvan Máximo, que também participou do lançamento do programa.

Um dos braços do programa é a parceria com a ONG Programando o Futuro. Essa união vai atuar na conscientização das pessoas sobre o descarte correto do lixo eletrônico. “É um trabalho que precisa ser divulgado e parte da doação das pessoas”, disse Ibaneis.

Como doar

A população é peça chave para o bom andamento do programa. Por isso, a Secti-DF também lançou o Reciclotech Drive-Thru, que tem função de recolher itens, como computadores, monitores e aparelhos celulares, além de todo tipo de eletroeletrônico, para serem reciclados e doados a escolas, bibliotecas.

Veja aqui(www.secti.df.gov.br) onde encontrar um ponto de descarte ou onde estarão as unidades móveis do Reciclotech Drive-Thru.

Fonte Blog do Ulhoa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui