GDF inicia reforma geral no Hospital Regional de Planaltina

Hospital de Planaltina vai ganhar Unidade de Tratamento Intensivo

A unidade também ganhará uma sala de UTI, um Bloco de Apoio Diagnóstico e outro Auxiliar para Bloco Auxiliar para internação adulta, pediátrica, diálise, odontologia e outros; edital de licitação da obra será publicado ainda neste mês

Por Cláudio Ulhoa

O Governo do Distrito Federal (GDF) informa que o Hospital Regional de Planaltina (HRP) será totalmente reformado nos próximos meses. O custo da obra, que deve chegar a R$ 1 milhão, e o cronograma das etapas de construção devem ser publicados em edital já no próximo mês. De acordo com o governo, a reforma vai contemplar da unidade de radiologia, redistribuir as salas, adequar o fluxo interno de circulação, além de manter os padrões de acessibilidade e ampliação do espaço. A área a ser reformada é de 420,53 m².

Também serão reformadas a subestação de energia, os laboratórios e o bloco de apoio. A obra, que está prevista para custar R$ 1 milhão, possibilitará ainda a construção de uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). O empreendimento será tocado pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap).

“No governo Ibaneis Rocha, as promessas são atendidas e a Novacap está comprometida com essa determinação do governador. A ampliação do Hospital Regional de Planaltina é prioridade absoluta para nós”, afirmou o presidente da Novacap, Fernando Leite, durante reunião para tratar do assunto com o secretário de Saúde, Osnei Okumoto, e o deputado distrital Cláudio Abrantes (PDT).

Edital de licitação para as obras de ampliação está previsto para os próximos dias. Investimento será de mais de 1 milhão

No caso das obras do Bloco de Apoio Diagnóstico, todo o compartimento da parte debaixo maternidade também será reformado. Com isso, o espaço passará a ser do laboratório de patologia clínica e da Agência Transfusional, para o atendimento diário de mais de 400 pacientes hematológicos. O edital para essa obra, segundo o secretário de Saúde, deve sair até março de 2021.

Já o Bloco Auxiliar, que será composto por três pavimentos, deve permitir ao aumento da capacidade de atendimento do hospital. Nesse bloco também serão construídas áreas para internação adulta, pediátrica, diálise, odontologia, assistência social, fisioterapia, fonoaudiologia, vacinação e vigilância epidemiológica, além de salas administrativas.

“Todo esse conjunto de obras para o Hospital de Planaltina faz parte da orientação que recebemos do governador Ibaneis para que a população daquela região tenha um atendimento melhor e mais humanizado”, destacou Okumoto.

Todas essas intervenções, na prática, deve permitir a melhoria no atendimento. Isso é o que espera o governo ao término das reformas. Por isso, o HRP passará a realizar prestados atendimentos eletivos, de saúde da família em regime ambulatorial e de hospital dia, bem como assistência em regime de internação, de apoio ao diagnóstico, terapias e serviços de apoio administrativo.

“Mais que um sonho, a reforma e a ampliação do Hospital de Planaltina, em especial a construção da UTI, são uma necessidade da nossa cidade e uma luta nossa que, enfim, caminha para o tão esperado desfecho”, disse o distrital Cláudio Abrantes, cuja base eleitoral é em Planaltina.

Este não foi o primeiro investimento que a gestão do governador Ibaneis Rocha (MDB) realizou na unidade hospitalar. No começou deste ano, a parte da lavandeira industrial do HRP também foi reformada e equipada após ficar 20 anos sem manutenção.

*Cláudio Ulhoa – Jornalista, membro da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno – ABBP

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui