GDF inicia reconstrução de barragem na Chácara 90 em Planaltina

Reconstrução de barragem permite retomada agrícola no Rio Preto

O recurso é indispensável para os produtores rurais da região que estão praticamente se trabalhar em razão do rompimento da barragem em 2016; reconstrução deve ficar pronta nas próximas semanas

Por Redação

Depois de verem a produção rural da comunidade agrícola da Chácara 90, no Núcleo Rural Rio Preto, na região administrativa de Planaltina, decair abruptamente, em razão do rompimento da principal barragem utilizada pelos agricultores locais – a barragem de Imburuçu – a situação de 12 famílias que vivem no local começa a dar sinal de mudança. O motivo foi uma parceria estabelecida entre a Secretaria de Agricultura do Distrito Federal (Seagri-DF), a Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), o Departamento de Estradas e Rodagem (DER-DF) e a Empresa de Assistência e Extensão Rural (Emater-DF), que visa reconstruir a barragem nas próximas duas semanas.

Segundo os órgãos responsáveis pela parceria, o problema que causou o rompimento da barragem foi a falta de um recurso chamado talude, que permite à barragem ter estabilidade em locais inclinados. Como as barragens suportam uma grande quantidade de água, sua capacidade de represamento precisa ser auxiliada por recursos de engenharia. Assim, para não correr o risco de ser romper novamente, a barragem, após ter sido enchida, vai receber uma estrutura de tubulação, que terá uma extensão de 500 metros, para levar água aos agricultores.

Visitamos a antiga obra e constatamos que houve erro de execução. Fora isso, a vertedora, que é um sistema de garantia de vazão de água, foi negligentemente tampada, fazendo com que o nível subisse no período de chuva forte, rompendo a barragem”, diz João Colemar, que é extensionista rural da Emater-DF.

Contexto

Desde 2016 que os agricultores – são mais de 100 produtores – da região praticamente pararam de produzir em razão da falta de água para irrigar suas produções. Em reportagem feita pela Agência Brasília, alguns produtores rurais chegaram a dizer que a falta da barragem fez com que famílias que viviam na Chácara 90 saíssem de suas casas em busca de melhores condições na região urbana de Planaltina e de outras regiões administrativas do DF.

A comunidade rural de Planaltina sofria com falta d’água há quase cinco anos

“Agora posso ficar tranquilo porque, com essa obra, meus filhos e netos vão ter água por muitos anos. Está todo mundo aqui satisfeito com essa obra, vai melhorar a vida de muita gente, vamos poder, inclusive, contratar mais gente para trabalhar na lavoura”, disse Luís Gonsaga, que mora na Chácara 90 desde 1979.

Quando concluída, obra dará à população local a possibilidade de retomar sua produção agrícola em todos os níveis, uma vez que em biomas como o cerrado, a presença de água é fundamental para a manutenção de quase todo tipo de agricultura. “A previsão é recuperar todo o sistema de produção agrícola da região. A finalização dessa obra representa um retorno das pessoas para a área rural”, explica o subsecretário de Desenvolvimento Rural da Seagri-DF, Odilon Vieira Junior.

Fonte Blog do Ulhoa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui