GDF inicia processo para construção de Complexo Educacional no Guará; espaço deve ofertar quase 4 mil vagas

Complexo educacional de R$ 38 milhões para o Guará

A obra será inédita no DF e terá custo de R$ R$ 38 milhões, que serão custeados em parceria com o governo federal e emendas parlamentares; o espaço terá um Centro de Educação Infantil, uma Escola Classe, um Centro de Ensino Fundamental, e, um Centro Educacional

Por Cláudio Ulhoa

Uma parceria entre a Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) e o Governo local pode vir a viabilizar a construção de um complexo educacional, no Guará, que, em razão de suas dimensões, a obra pode ser a primeira no DF. A informação sobre o empreendimento foi anunciada pela Secretaria de Educação do DF (SEE-DF), neste domingo (29), e deve sair do papel assim que o montante gasto para construir o complexo – cerca de R$ 38 milhões – for obtido através de emendas parlamentares e o repasse de um financiamento feito com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Segundo a SEE-DF, o espaço será constituído de um Centro de Educação Infantil, que atende crianças de zero a três anos, com 376 vagas; uma Escola Classe, que oferece turmas do 1º ao 5º ano, com 868 vagas; um Centro de Ensino Fundamental, que vai do 6º ao 9º ano, com 1,4 mil vagas; e, um Centro Educacional, destinado aos alunos do ensino médio, com 1.280 vagas. Haverá também duas quadras de esportes cobertas.

“Estamos empenhados em tirá-lo do papel e acredito muito no potencial desse tipo de estrutura. Acho que ela tem tudo pra nos ajudar a virar o jogo na educação, para mudar o futuro dos nossos jovens”, afirma o secretário de Educação do DF, Leandro Cruz.

Pioneira no DF, unidade vai abrigar cerca de 4 mil alunos do ensino infantil ao médio. Recursos virão do Ministério da Educação

O complexo educacional, segundo a pasta, deverá ser construído em um terreno, que pertence ao GDF, e tem área de 60 mil metros quadrados, localizado na QE 23 do Guará II, atrás da Unidade Básica de Saúde (UBS) 2. A previsão é que a obra fique pronta em dois anos.

Quando estiver em atividade, o complexo deve abrigar quase quatro mil alunos. O espaço funcionará como um centro de ensino integral, possibilitando que o aluno tenha acesso a conhecimentos de cunho teórico e prático. “A ideia é que o aluno entre na creche e só saia para ir para a faculdade”, afirma a administradora do Guará, Luciane Quintana. Duas quadras de esportes cobertas também compõem o complexo educacional.

SIA

Outro repasse do FNDE destinado ao DF no valor de R$ 2,7 milhões deve dar início, segundo a SEE-DF, à construção de uma creche no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA) com capacidade para atender a 376 crianças. Os espaço será destinado, primeiramente, às mulheres que trabalham nas empresas da região.

“Essa é uma grande conquista, é um sonho que está se realizando. Uma das grandes dificuldades das mães que trabalham fora é ter com quem deixar seus filhos, que terão um lugar seguro para as crianças perto do trabalho. Estamos muito felizes em fazer parte disso”, disse a administradora do SIA, Luana Machado.

*Cláudio Ulhoa – Jornalista, membro da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno – ABBP

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui