GDF inaugura nesta segunda (19) iluminação na Rota do Cavalo

O trajeto de 1,5 km estará totalmente iluminado a partir de hoje (19)

A via também foi pavimentada e recebeu setenta e três postes de aço, com luminárias de vapor de sódio de 250 watts; recentemente o trecho também passou por obras de pavimentação asfáltica

Por Redação

A parceria ente a Secretaria de Obras do Distrito Federal e a Companhia Energética de Brasília (CEB) resultou na pavimentação asfáltica da Rota do Cavalo (na via DF-440), que liga as cidades de Itapoã e Sobradinho. Além disso, todo trajeto foi iluminado e, nesta segunda-feira (19), será inaugurada a pista que agora conta com setenta e três postes de aço, com luminárias de vapor de sódio de 250 watts e perfazem um caminho de 1,5 km.

A Rota do Cavalo é uma estrada conhecida e bastante utilizada por moradores e comerciantes locais. A pista também é muito utilizada no trajeto que leva ao Plano Piloto, já que por ela o caminho fica mais curto, com redução de 5 km.

“Isso é qualidade de vida, segurança e dignidade para a população local. A pavimentação era um pedido de quase 20 anos dos moradores do Paranoá e Itapoã, que atendemos com o empenho do DER-DF [Departamento de Estradas de Rodagem], mas faltava algo: a iluminação. Mais um passo concluído”, garante Luciano Carvalho, secretário de Obras.

Mais de 300 mil pessoas serão beneficiadas com as novas luminárias instaladas na DF-440, na Rota do Cavalo

Para melhorar a visibilidade no percurso, foram instalados oito vãos de rede de energia de média tensão e dois transformadores monofásicos de 10 kva (kilovoltampere).

Todo esse investimento em relação à iluminação pública da Rota do Cavalo foi possível em razão da Contribuição de Iluminação Pública (CIP) que é paga pelos usuários do serviço da CEB. “Trata-se de um recurso da taxa de iluminação pública sendo aplicado em melhorias para o cidadão. Vai iluminar uma via que todos utilizam. Não só quem mora na Rota do Cavalo ou no Itapoã e Paranoá, mas quem dirige e passou a usar a avenida com mais conforto”, destacou o diretor técnico da CEB, Fabiano Cardoso.

A implantação de infraestrutura na Rota do Cavalo deve extrapolar o simples benefício aos moradores, ela deve também interferir na economia local, uma vez que produtores rurais e comerciantes da região utilizam a via para escoamento e venda de produtos.

“É uma ‘mão na roda’ não só para os produtores, mas também para os comerciantes do Itapoã que usam a estrada. Sem falar na comunidade, que espera há mais de 15 anos essa pista, que dava uma volta enorme. Passei por lá e está ficando excelente”, explica o coordenador da Associação Comercial do Itapoã, João Pereira.

De acordo com a Secretaria de Obras, cerca de 300 mil pessoas devem ser beneficiadas com as intervenções.

Melhorias

O administrador de Itapoã, Marcus Cotrim disse à Agência Brasília que a obra vai melhorar deve contemplar não só motoristas, mas também os pedestres, já que a via é utilizada na prática de exercícios físicos e lazer. “Muita gente prática exercícios físicos e anda pelas margens da rodovia durante o dia. Agora, com a luz, também fará [as atividades] à noite. Sem falar da produção dos chacareiros da região, que chegará mais fácil até o Itapoã”, ressalta Cotrim.

Ainda de acordo com o administrador, com a melhoria da via a regional de Itapoã pretende iniciar a construção de uma ciclovia no local para ser inaugurada no próximo ano. As intervenções na Rota do Cavalo não é primeira obra neste sentido executada pelo governo na região. Já se iniciou a pavimentação da Avenida Brasil até a DF-001, que tem metade dos trabalhos concluídos, e foi assinado, pelo governador Ibaneis Rocha (MDB), a ordens de serviço para asfaltamento e construção de galerias pluviais nas quadras 202, 203, 318, 366, 378 (Mandala) e 379.

Fonte Blog do Ulhoa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui