GDF estuda reabrir salão de beleza, restaurantes e escolas em agosto

A previsão do GDF é que todos os segmentos da economia funcionem a partir de julho

A decisão foi anunciada pelo governador Ibaneis e faz parte de um plano de estudo que está sendo elaborado pelo governo e deverá ser apresentado em breve à população

Depois que a Justiça determinou que cabe ao Governo do Distrito Federal (GDF) decidir sobre a retomado das atividades comerciais e sociais pós-pandemia de covid-19, o governador Ibaneis Rocha (MDB), afirmou hoje, 30, em entrevista à imprensa local, que está em estudo um plano para a reabertura. De acordo com Ibaneis, salão de beleza, restaurantes e escolas devem voltar à rotina normal no início de agosto.

Outro ponto defendido pelo governador foi com relação às medidas de isolamento social praticadas no DF. Segundo Ibaneis, dados mostram que mesmo com a liberação de grande parte do comércio nos últimos dias, o nível de isolamento manteve-se quase igual ao período anterior à liberação. Antes, ele diz, tinha 42%, 43% de isolamento, depois da abertura, caiu para 38% e 39%.

“É melhor a gente fazer um cronograma, fazer com responsabilidade, fazer baseado em leitos de saúde. Fazer tudo isso de forma que a gente possa ter condições efetivas de fiscalização. Vamos buscar todas as medidas necessárias à reabertura”, disse o governador.

O GDF iniciou ontem (29) os estudos que embasarão o retomado do comércio

Ontem (29) o GDF decretou estado de calamidade pública para receber recursos financeiros do governo federal. A medida já tinha sido tomada pela Câmara Legislativa do DF (CLDF), mas agora com a decisão do Executivo ela passa a ter uma abrangência maior.

“Temos equipamentos e materiais suficientes, mas o que precisa é a população se cuidar também”, explica Ibaneis.

A previsão do governo do Distrito Federal é que todos os segmentos da economia funcionem a partir de julho.

Fonte News Black

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui