GDF destina recursos para compra de novo equipamento de ressonância magnética para o Hospital da Criança

Uma nova ala da ressonância magnética no Hospital da Criança

Governo repassa R$ 9,5 milhões para a aquisição do equipamento e adequação do espaço que deve passar a realizar cerca de 3,6 mil exames por ano

Por Cláudio Ulhoa

O Governo do Distrito Federal (GDF) destinou, durante cerimônia simbólica, nesta quarta-feira (13), cerca de R$ 9,5 milhões para aquisição de um novo equipamento de ressonância magnética e também para a adequação do espaço onde ficará guardado o aparelho, no Hospital da Criança. Segundo o governo, os recursos utilizados na iniciativa vieram do Fundo Distrital dos Direitos da Criança e do Adolescente (FDCA).

A nova aquisição deve proporcionar mais agilidade na produção de diagnóstico e acompanhamento de tumores cerebrais e outras patologias de média e alta complexidade. Segundo o governo, atualmente, cerca de 300 crianças estão na fila aguardando esse tipo de exame. Depois que estiver em funcionamento, o hospital poderá atender até 20 crianças por dia, com a meta de realizar 3,6 mil exames por ano.

“Se o hospital já tem uma alta resolubilidade, com índice de satisfação de pais e crianças de 97%, imagine com mais esse investimento”, acredita o secretário de Saúde do DF, Manoel Pafiadache.

Para ter uma noção da importância da compra do aparelho de ressonância magnética basta observar o total de atendimento que o Hospital da Criança já realizou desde sua fundação, em novembro de 2011, até o final de setembro, quando mais de 5 milhões atendimentos foram realizados, sendo que, 61 mil foram sessões de quimioterapia.

O que temos aqui é o esforço integrado do governo em abrir caminhos para investimentos nas nossas crianças e adolescentes com o da sociedade civil que os destina ao fundo que as ampara”, explica a secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha.

A ala e o aparelho de ressonância magnética deverão estar prontos e já em funcionamento até outubro de 2022.

*Cláudio Ulhoa – Jornalista membro da Associação Brasileira de Portais de Notícias – ABBP

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui