GDF conclui obras nas estações de metrô na 106 e 110 Sul

GDF inaugura as estações das quadras 106 Sul e da 110 Sul

As duas estações devem beneficiar cerca de 6 mil passageiros por dia, que passam agora a ter acesso a lugares como o Cine Brasília, faculdades, prédios comerciais e residenciais; final do ano passado, o governo também inaugurou a estação Estrada Parque, em Águas Claras

Por Redação

Uma demanda antiga, não só de moradores da Asa Sul, mas da população em geral, foi atendida na manhã desta quarta-feira, 16, pelo Governo do Distrito Federal (GDF). Após ficarem mais de 25 meses em construção, as estações de metrô das quadras 106 e 110 Sul foram inauguradas. As obras, que foram orçadas em R$ 35,8 milhões, deve atender de 6 mil passageiros por dia, que terão acesso facilitado a lugares como o Cine Brasília, faculdades, prédios comerciais e residenciais.

“São mais de duas décadas de espera. O GDF ouviu a reivindicação. Mesmo com a pandemia, com todos os esforços concentrados na segurança dos usuários e empregados, mantivemos o sistema com 100% de sua capacidade e demos continuidade às obras”, disse o presidente do Metrô-DF, Handerson Cabral, durante a cerimônia de inauguração.

Foram investidos R$ 35,8 milhões na conclusão das obras das estações e na implantação dos demais sistemas

As estações seguem o mesmo padrão das outras existentes no DF.  Cada uma delas é composta por sistema de telefonia, sistema de transmissão de dados, radiocomunicação, bilhetagem, mobiliário, ligações definitivas de água e energia, instalações de prevenção e combate a incêndio, comunicação visual e de segurança, entre outros. Além disso, cada da estação têm 15 lojas e uma sala comercial, mas a ocupação desses espaços comerciais ainda não foi definida.

Assim como as outras estações, elas também vão funcionar nos horários tradicionais, ou seja, de segunda a sábado, de 5h30 às 23h30, e aos domingos e feriados, de 7h às 19h.

Em breve, serão instaladas as escadas rolantes nas estações.

Qualidade de vida

Junto com a melhoria na qualidade do transporte público, a conclusão das obras vai permitir ao Metrô do Distrito Federal (Metrô-DF) ter mais lucratividade, uma vez que o número de usuário deve aumentar com as novas estações. Muitos moradores que antes circulavam de ônibus e através de outras veículos alternativos poderão fazê-lo agora através de metrô, o que deve resultar, segundo o Metrô-DF, em novos investimentos em melhorias do sistema de transporte.

A entrega das duas estações é mais uma etapa do plano de governo da gestão do governador Ibaneis Rocha (MDB) que já tinha entregado à população, no final do ano passado, a estação de Metrô Estrada Parque, que teria, atualmente, um fluxo de 10 mil usuários que vivem na região administrativa de Águas Claras.

Dados do Metrô-DF, mostram que a empresa possui hoje é de 24 trens e 27 estações operacionais (incluindo as inauguradas hoje) numa extensão de 42,38 Km.

“Esse é um governo de ação e o governador Ibaneis Rocha cumpre o que promete, o GDF ouviu a reivindicação dos brasilienses e estamos aqui apesar da pandemia”, resumiu o vice-governador do DF, Paco Britto, ao fazer uso da palavra durante a cerimônia de inauguração.

Fonte Blog do Ulhoa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui