GDF autoriza substituição de lâmpadas de LED em Águas Claras

As novas lâmpadas, por possuírem luz branca, são mais potentes que as lâmpadas amarelas, além de serem  mais econômicas; governo trata iluminação como serviço de utilidade pública

A região administrativa de Águas Claras deve passar por um processo de substituição das lâmpadas de LED convencionais, que são essas lâmpadas que possuem luz mais amarelada, para outro LED, que seria uma lâmpada de luz mais clara. A medida foi anunciada pelo Governo do Distrito Federal, que vai fazer o serviço através da Companhia Energética de Brasília (CEB). De acordo com o governo, cerca de 200 postes instalados na Avenida do Parque de Águas Claras, terão sua iluminação trocada.

“Além de mais econômico – com redução de consumo de pelo menos 40% – esse tipo de material melhora a visibilidade aos motoristas nas vias e dará mais segurança a quem anda a pé pela cidade, principalmente em áreas com registro de criminalidade”, informa o GDF.

Além de economia, LED proporcionará melhor visibilidade e segurança a mais de 160 mil moradores da região

A gestão do governador Ibaneis Rocha (MDB), trata a questão da iluminação pública, como um serviço de utilidade pública. O governo está pautado em dados da Secretaria de Segurança Pública do DF que mostram que o índice de crimes e violência é maior em regiões menos iluminadas.

No caso de Águas Claras, essa nova decisão do governo vai permitir que, dos 2,1 mil pontos de iluminação pública existente na região administrativa, 700 serão trocados.

Junto com a segurança dos cidadãos há também o baixo consumo de energia das novas lâmpadas de LED e seu baixo custo de manutenção. De acordo com o diretor-técnico da CEB, Fabiano Cardoso, as lâmpadas são feitas de material reciclável e não possui radiação de metais pesados.

 A obra

Para fazer essa mudança na iluminação, neste primeiro momento, o governo prevê gastar R$ 500 mil. Já a troca de todos os pontos de luz da cidade está orçada em R$ 1,6 milhão.

A verba para execução de tal empreendimento foi possível graças a emenda parlamentar de deputados distritais da Câmara Legislativa do DF (CLDF). “A execução do projeto será feita pela CEB com recursos de emenda parlamentar da Câmara Legislativa direcionadas à Administração Regional de Águas Claras”, comunica do GDF.

Conforme ressalta o diretor-técnico da CEB, a substituição das lâmpadas deve ser realizada de forma rápida e sem muito transtorno à população. “É um trabalho rápido e que será imediatamente sentido pelas pessoas que moram e transitam por Águas Claras. Serão muitos beneficiados”.

Ao todo, cerca de 160 mil habitantes devem ser beneficiados após a intervenção, uma vez que este é o número da população reunida de Arniqueira e Areal, Águas Claras.

Fonte News Black

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui