Flávia Arruda debate avanços dos 14 anos da Lei Maria da Penha

À frente das ações de combate à violência contra a mulher no Congresso, a deputada federal Flávia Arruda (PL-DF) participou do Webinário “14 anos da Lei Maria da Penha”, promovido pela Secretaria da Mulher e a Secretaria de Economia do Distrito Federal. A parlamentar defendeu como serviço essencial as políticas de atendimento às vítimas.

“É preciso quebrar essa cultura da violência, do machismo e garantir políticas públicas acessíveis e eficazes. Não podemos naturalizar nenhum tipo de violência. O que buscamos é equidade, direitos iguais, respeito”, destacou Flávia Arruda.

Durante o debate virtual, a deputada citou leis de aperfeiçoamento da Lei Maria da Penha. “Medidas que buscam entender a realidade do país e garantir a aplicabilidade”, reforçou Flávia Arruda. A conquista mais recente do Parlamento foi a Lei 14022 que garante que os serviços relacionados à violência doméstica não podem ser interrompidos durante a pandemia.

A deputada é presidente da Comissão Externa de Combate à Violência Contra a Mulher e Feminicídio que tem trabalhado na fiscalização dessa rede de proteção e denúncia em todo o país. O grupo tem como um dos principais objetivos a criação de protocolos mínimos que possam garantir o cumprimento da Lei Maria da Penha.

O webinário foi o primeiro de um ciclo de debates virtuais para discutir o tema com especialistas e representantes da sociedade civil. As transmissões serão exibidas pelo canal do Youtube da Secretaria de Economia do DF.

Informações da Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui