Famílias de baixa renda têm até amanhã (14) para se cadastrar no Renda Emergencial

Programa de assistência social do GDF vai beneficiar famílias que ganham até meio salário mínimo com auxílio financeiro de R$ 408; governo anuncia novos postos de testagem drive-thru

Da redação

Famílias de baixa renda que não estão cadastrados em nenhum programa de assistência social, seja ele no âmbito do Distrito Federal ou nacional, ainda podem fazer o cadastramento no Renda Emergencial até amanhã (14). Os cadastrados terão direito a receber um auxílio do Governo do Distrito Federal (GDF) no valor de R$ 408. Assim como outros auxílios financeiros que estão sendo destinados à população, o Renda Emergencial também tem a intenção de ajudar os cidadãos durante o período de pandemia do novo coronavírus.

As pessoas que forem aprovadas a receber o benefício deverão fazê-lo por meio do portal na internet www.rendaemergencial.brb.com.br; lembrando que o site só pode ser acessado até 23h59 deste domingo.

Há também a possibilidade de ligar para o telefone 3029-8499, das 8h às 20h, inclusive no fim de semana, para confirmar o cadastro.
Tem direito a se cadastrar no programa cidadãos que não estejam no Bolsa Família, no DF sem Miséria, no Bolsa Alfa, no BPC ou no Auxílio Emergencial (R$ 600) do governo federal.

Como funciona

O Renda Emergencial é um programa de assistência de renda básica a famílias que cuja renda familiar mensal per capita seja de até meio salário mínimo (R$ 522,50). O programa garante R$ 408 aos beneficiários durante período de 60 dias, podendo ser prorrogado por mais um mês.

Para ter acesso ao dinheiro, o beneficiário poder optar pelo saque ou utilizar o cartão em qualquer estabelecimento comercial do DF. Os cartões serão retirados entre 22 de junho e 1º de julho na agência do BRB que será indicada no cadastro.
Veja no final da matéria passo a passo de como fazer o cadastramento.

Novos postos de testagem

No DF, pessoas com sintomas de covid-19 podem fazer testes rápido por meio do sistema drive-thru. Em postos espalhados por diversas regiões administrativas, o GDF informa que 190 mil pessoas já foram testadas.

A proposta anunciado ontem (12) pelo governo é de aumentar os postos de testagens, as regiões de Recanto das Emas, Candangolândia, Riacho Fundo II e Jardins Mangueiral devem receber os novos postos. Já os postos de Riacho Fundo I, Samambaia, Brazlândia e SIA serão desativados.

“As alterações ocorrem a partir da avaliação do cenário epidemiológico de infecção pelo coronavírus no DF. Além disso, as mudanças têm por objetivo melhorar o fluxo de atendimentos à população”, informa o GDF.

Para realizá-los, o cidadão deve residir nas áreas cobertas pelos drives e fazer um cadastro no site teste.df.gov.br.

Como fazer a confirmação do cadastro

• Se a opção for pelo uso da internet, o cidadão deve acessar o site www.rendaemergencial.brb.com.br.

• Será preciso inserir o CPF e fornecer dados pessoais, como endereço e telefone para contato.

• Ao fim do atendimento, será informada uma senha com aviso para que o beneficiário vá em dia determinado a uma agência do BRB para a retirada do cartão. Mas, atenção: o usuário deve ir à unidade indicada ao final do cadastro.

• Se a opção for pelo uso da central telefônica, o cidadão deverá ligar, das 8h às 20h, para o telefone 3029-8499, inclusive no final de semana.

Fonte Blog do Ulhoa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui