- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
Distrito FederalNúmero de homicídios em 2021 foi o menor nos últimos 45 anos,...

Número de homicídios em 2021 foi o menor nos últimos 45 anos, informa GDF

De acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública, foram registrados 10 homicídios por grupo de 100 mil habitantes, índice mais baixo desde 1977, quando houve 14/100 mil

Por Cláudio Ulhoa

O ano de 2021 entrou para a história dos balanços da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF) por ter sido o período em que menos homicídios foram registrados. Ao todo, segundo a pasta, foram notificados 10 homicídios para cada 100 mil habitantes, número abaixo dos 14/100 mil registrados em 1977, o representou uma redução de 17,7%.

Outra constatação da pasta é de que no ano passado também teve o menor número de mortes em 29 anos. Conforme mostra o levantamento da SSP-DF, em 2021, houve 309 mortes, sete a mais do que as 302 mortes de 1992, quando foi registrado o menor índice desse tipo de crime. Se comparado com 2020, a redução de homicídios foi de 17,4% (de 374 para 309).

“Frente a dois anos de reduções recordes, sabíamos que 2021 seria desafiador, pois precisávamos avançar e conquistar resultados melhores que o ano anterior. Com o apoio do governador Ibaneis Rocha, concentramos esforços no programa DF Mais Seguro, que vem tornando nossas ações cada vez mais precisas e regionalizadas, com estabelecimento de metas, monitoramento e avaliação de resultados. O trabalho integrado das forças de segurança, bem como o uso da tecnologia e do trabalho de inteligência, também foi essencial para os resultados positivos”, afirma o secretário de Segurança Pública do DF, Júlio Danilo.

A taxa de outros crimes também tive redução em 2021, foi o caso do roubo em transporte coletivo, que teve a maior redução, atingindo 31,45%, ou seja, caiu de 923 para 633 ocorrências, segundo o levantamento. Os crimes contra o patrimônio (CCPs) tiveram queda de 11,2%; seguido pela diminuição dos roubos a residência, de veículo e em comércio, que caíram 6,5%, 8,3% e 1,8% respectivamente.

Constatou-se ainda que no ano passado a Polícia Militar do DF (PMDF) apreendeu 1,5 mil armas de fogo e realizou mais de oito mil prisões em flagrante por crimes diversos. Já as ações da Polícia Civil (PCDF), em 2021, foram destaques nacional pelo alto percentual de resolução de homicídios, além de ter cumprido 6,6 mil mandados de prisão e feito 802 operações no período.

O levantamento também aponta que, em 2020, no comparativo com 2019, houve redução de quase 50% (de 32 para 17) nos casos de feminicídio no DF. Em 2021, foram registrados 24 crimes desta natureza.

*Cláudio Ulhoa – Jornalista membro da Associação Brasileira de Portais de Notícias – ABBP

- PUBLICIDADE -

ÚLTIMAS

- PUBLICIDADE -

Continue Lendo