- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
Distrito FederalGDF anuncia a construção de três unidades do Conselho Tutelar

GDF anuncia a construção de três unidades do Conselho Tutelar

As regiões a serem beneficiadas com os espaços serão Santa Maria, Cidade Estrutural e Sol Nascente; o valor investido será de R$ 3,2 milhões, montante originário do Fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente

Por Cláudio Ulhoa

As regiões administrativas de Santa Maria, Cidade Estrutural e Sol Nascente/Pôr do Sol passarão a ter suas sedes próprias para abrigar seus Conselhos Tutelares. Atualmente essas regiões alugam espaço para desenvolver o trabalho, mas uma iniciativa do Governo do Distrito Federal (GDF) deve mudar essa realidade ainda neste ano.

Pela proposta do governo, a ideia é construir unidades nessas três regiões administrativas usando recursos do Fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente (FDCA). No total, deverão ser investidos cerca de R$ 3,2 milhões na construção dos espaços que contaram com salas planejadas, parques recreativos de areia, salas próprias para conselheiros tutelares, banheiros com acessibilidade, além de sala de reunião e estacionamento.

“Reconhecemos e valorizamos o papel do Conselho Tutelar na proteção aos direitos das mais de 700 mil meninas e meninos do DF, o que é uma prioridade absoluta para todos nós – conselheiros, governo e sociedade em geral. Por isso, atuamos para que tenham as condições de trabalho adequadas e, assim, prestem o melhor atendimento possível às crianças, adolescentes e suas famílias”, destaca a secretária de Justiça e Cidadania do DF, Marcela Passamani.

Sol Nascente/Pôr do Sol receberá pela primeira vez uma espaço para abrigar o Conselho Tutelar

As obras, segundo o governo, deverão começar ainda neste semestre. Todo serviço será acompanhado pela à Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus), que no DF é o órgão responsável por promover políticas públicas para crianças e adolescentes.

Hoje, os espaços ondem funcionam os conselhos tutelares de Santa Maria e Cidade Estrutural são alugados; já em Sol Nascente/Pôr do Sol a obra será o primeiro espaço da região.

Clique aqui para conhecer, em formato 3D, como ficarão as novas unidades.

Vale ressaltar que os conselheiros são eleitos pelos cidadãos para garantir que as crianças e adolescentes tenham todos os direitos respeitados. Entre as atribuições dos membros dos conselhos tutelares, cabe receber e investigar denúncias sobre situações de violência, como negligência, maus-tratos e exploração sexual.

*Cláudio Ulhoa – Jornalista membro da Associação Brasileira de Portais de Notícias – ABBP

- PUBLICIDADE -

ÚLTIMAS

- PUBLICIDADE -

Continue Lendo