- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
Distrito FederalDF tem 886 casos da infecção dupla de gripe e covid-19, informa...

DF tem 886 casos da infecção dupla de gripe e covid-19, informa Secretaria de Saúde

Só neste ano cerca de 15.806 pessoas já foram contaminadas pelo vírus da gripe, sendo que 226 delas pegaram o H3N2

Por Cláudio Ulhoa

O aumento de casos de pessoas contaminadas pelo vírus da gripe e da covid-19 ao mesmo tempo tem despertado a atenção da Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF). Conforme os dados divulgados no Sistema de Informação de Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe), atualmente, já são 886 número de pessoas contaminadas pelos dois vírus, o que ficou conhecido como flurona.

De acordo com a pasta, só neste ano, um total de 15.806 pessoas foram contaminadas pelo vírus da gripe, sendo que 226 delas pegaram o H3N2, que é uma variante do vírus Influenza A, um dos principais responsáveis pela gripe comum e pelos resfriados, sendo facilmente transmitido.

O alerta da secretaria é para que as medidas preventivas tanto contra a gripe e a covid-19 continuem sendo adotadas pelos moradores. As medidas preventivas são as mesmas utilizadas contra o covid-19, ou seja, uso de máscaras, distanciamento social e higienização das mãos.

O DF conta com oito unidades sentinelas que fazem a testagem por amostragem de casos com sintomas gripais, conforme preconizado pelo Ministério: UBS 2 Asa Norte, UBS 12 Ceilândia, UBS 1 Paranoá, UBS 5 Planaltina, UBS 12 Samambaia, UBS 1 Santa Maria, UPA Núcleo Bandeirante e Hospital Brasília.

Por outro lado, a vacinação contra a covid-19 ainda continua sendo a melhor alternativa para se proteger do vírus que contaminou, só nas últimas 24 horas, 4.172 pessoas e ocasionou uma morte. Conforme dados também divulgados pela SES-DF, desde o início da pandemia, o DF registrou 558.160 casos de covid-19, sendo que desses, 11.136 pessoas morreram em decorrência da doença.

Outro ponto que chama a atenção das autoridades é alta taxa de transmissão do coronavírus, que atualmente atinge seu maior nível, chegando na casa de 2,58, uma vez que acima de 1, a taxa indica que a pandemia está tendendo a avançar. Em momento mais crítico da pandemia, o índice chegou a 2,61.

Ainda segundo a SES-DF, as regiões com mais casos confirmados, no momento, são Ceilândia (57.828), Plano Piloto (60.673) e Taguatinga (42.474). A maior taxa de mortalidade é em Santa Maria (466), com 3%.

*Cláudio Ulhoa – Jornalista membro da Associação Brasileira de Portais de Notícias – ABBP

- PUBLICIDADE -

ÚLTIMAS

- PUBLICIDADE -

Continue Lendo