- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
Distrito Federal2022 será marcado pela conclusão de grandes obras de infraestrutura, informa GDF

2022 será marcado pela conclusão de grandes obras de infraestrutura, informa GDF

O governo quer inaugurar a construção do Túnel de Taguatinga, diversos viadutos, obras de infraestrutura urbana em Vicente Pires e no Sol Nascente, além de dezenas de escolas e creches

Por Cláudio Ulhoa

O Governo do Distrito Federal (GDF) informa que a maioria das obras iniciadas em 2020 e 2021 será inaugurada neste ano. Entre as intervenções que farão parte do dia a dia do morador do DF está, primeiro plano, a construção do Túnel de Taguatinga – obra orçada em R$ 275,7 milhões e deve beneficiar um terço da população que mora e trafega por Taguatinga, Ceilândia, Sol Nascente/Pôr do Sol e Samambaia.

O governo também espera concluir a construção de creches e escolas, além da finalização de execuções como alargamento da Estrada Parque Contorno (DF-001), no trecho entre o final do Pistão Norte e o Balão do Texas (início da BR-080), a duplicação da DF-140, o viaduto entre o Recanto das Emas e o Riacho Fundo II.

Quase todo esse serviço está sob a responsabilidade da Secretaria de Obras e de Mobilidade Urbana, pastas que garantem que as obras serão concluídas em 2022. A primeira delas e será inaugurada no segundo semestre deste ano é o viaduto do Riacho Fundo e a reforma de parte da Avenida Hélio Prates; além dos viadutos do Sudoeste (Epig) e Setor Policial (ESPM).

“2022 é o ano da conclusão da maioria dessas 1,4 mil obras. A pandemia atrasou muita coisa mas vamos acelerar bastante agora, principalmente a partir do término das chuvas, o que deve gerar muito emprego”, garante o governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB).

Também entre as obras está a construção de Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), como a de Brazlândia e de Vicente Pires, que segundo o governo entrará em atividade nos próximos meses; e a entrega de seis mil novas unidades habitacionais, distribuídas nos empreendimentos do Itapoã Parque, Crixá VII – Parque do Sol, Recanto das Emas (Quadras 117/118), Sol Nascente (Quadra 105), Samambaia (QR 314 e QR 614) e Riacho Fundo II (QS 10).

Por fim, haverá conclusões de intervenções também realizadas em Paranoá e Santa Maria onde estão sendo finalizadas escolas e creches, além da edificação de Centros de Educação da Primeira Infância (Cepis) em Planaltina, Recanto das Emas, Gama, Santa Maria, Ceilândia e Vila Telebrasília. Ainda no âmbito da educação, serão finalizadas as obras de construção das escolas Técnicas do Paranoá e de Santa Maria.

*Cláudio Ulhoa – Jornalista membro da Associação Brasileira de Portais de Notícias – ABBP

- PUBLICIDADE -

ÚLTIMAS

- PUBLICIDADE -

Continue Lendo