Detran realiza Operação Sossego, blitz da Lei Seca e flagra campeão de multas

Em blitz no Sudoeste, um condutor foi preso após o teste do etilômetro acusar 1,75 miligramas

Na noite dessa quarta-feira (9), o Detran-DF realizou a Operação Sossego nas regiões do Guará e Taguatinga. O objetivo da ação é combater a poluição sonora e garantir a segurança no trânsito das vias urbanas do Distrito Federal.

Em três horas de fiscalização, os agentes de trânsito realizaram 60 abordagens e flagraram 10 motocicletas com escapamento alterado, três pessoas inabilitadas e um condutor com a CNH vencida há mais de 30 dias. Ao todo, oito veículos foram removidos para os depósitos, sendo um com um débito no valor de R$ 9 mil e outro com mais de R$ 12 mil.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), dirigir veículo com descarga livre ou silenciador de motor de explosão defeituoso, deficiente ou inoperante é infração grave e acarreta multa de R$ 195,23, cinco pontos na CNH e retenção do veículo para regularização.

Destaques

Durante blitz de Lei Seca realizada ainda na noite dessa quarta-feira (9) no Setor Sudoeste, dos 52 condutores abordados quatro foram flagrados dirigindo sob o efeito de álcool. O teste do etilômetro de um dos condutores acusou concentração alcoólica de 1,75 miligramas por litro de ar expelido, o que é considerado crime, conforme previsto no artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro. Por isso, ele foi encaminhado à 5ª Delegacia de Polícia e preso em flagrante.

O condutor que apresenta concentração de álcool igual ou superior a 0,3 miligrama por litro de ar alveolar comete crime de trânsito, cuja pena de detenção varia de seis meses a três anos, havendo a possibilidade de converter a pena para prestação de serviços à comunidade ou entidades públicas.

Além das alcoolemias, as equipes autuaram um condutor com a CNH vencida há mais de 30 dias, um com a o direito de dirigir suspenso e quatro por motivos diversos. Ao todo, quatro veículos foram removidos para o depósito da Asa Norte.

Campeão de multas

Durante patrulhamento realizado na região da Asa Sul, as equipes de fiscalização flagraram um Fiat Stilo com débitos no valor de R$ 24.762,00, sendo cerca de R$ 20 mil somente em multas de trânsito. O veículo apresenta restrição judicial e administrativa, e a CNH da condutora está vencida desde 2019. Além disso, de 2007 até agora, foram registradas mais de 80 notificações, sendo duas por recusa ao teste do etilômetro, uma por realizar manobras perigosas e transitar em velocidade superior à máxima permitida para via. O carro foi removido para o depósito do Detran na Asa Norte e será liberado somente após a quitação de todos os débitos pendentes.

Informações Detran/DF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui