Detran fará fiscalização por videomonitoramento nas vias do Aeroporto de Brasília

Objetivo é dar mais segurança e fluidez ao trânsito no local, principalmente nas vias de embarque e desembarque do terminal

A partir do dia 5 de abril, a circulação de veículos nas vias do Aeroporto Internacional de Brasília será monitorada por um novo sistema de câmeras de vigilância, que permitirão a fiscalização de trânsito remota por agentes do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF).

O videomonitoramento tem o objetivo de organizar o trânsito e proporcionar maior fluidez nas vias daquela região. Para isso, o Detran implantou um centro de controle onde os agentes terão acesso às imagens do trânsito em tempo real e poderão aplicar penalidades pelas irregularidades observadas, de acordo com o previsto no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), em relação a estacionamento irregular e parada além do tempo necessário para embarque e desembarque.

De acordo com o Diretor de Policiamento e Fiscalização de Trânsito, Lúcio Lahm, a legislação de trânsito não define o período para o embarque e desembarque, dessa forma os agentes irão acompanhar a duração da ação. “Não podemos estipular um tempo máximo de parada, portanto a fiscalização irá autuar quando não se verificar o embarque ou desembarque de passageiros”, explica Lúcio.

Parceria
As câmeras foram adquiridas pela Inframérica, concessionária que administra o aeroporto, considerando a necessidade de reforçar a segurança por se tratar de um aeroporto internacional com uma base aérea militar e a crescente movimentação de veículos no sítio aeroportuário. Mediante uma parceria, o acesso ao sistema foi cedido ao Detran, para a fiscalização de forma remota.

Segundo dados de uma consultoria realizada em 2019, aproximadamente 1,5 milhão de veículos circulam pelo aeroporto, por ano, incluindo carros de passeio, táxis, veículos de transporte por aplicativos, ônibus e motos.

Informações Detran-DF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui