COLUNA DO ULHOA | Ibaneis volta ao trabalho para comandar a segunda etapa de seu governo que deve ser marcada por inauguração de obras e formação de alianças para uma possível reeleição

Ibaneis entra em cena para jogar o segundo tempo de seu governo

Por Cláudio Ulhoa

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), voltou ao cargo de governador após passar férias com a família no Piauí. Antes de retornar ao serviço, nesta segunda-feira (26/7), o governador foi internado e passou por alguns exames e, em seguida, foi liberado. No mesmo dia ele começou a despachar.

O governo de Ibaneis entra numa nova etapa. Se até então a gestão estava empenhada em iniciar os projetos, agora é a vez de concluí-los. Isso já começa a ser executado, por isso, inúmeras obras, em todos os segmentos, já começarão a ser inauguradas neste semestre.

O governador deve passar ter mais compromissos públicos, já pediu aceleração da vacinação contra covid-19, só no último final de semana, mais de 138 mil pessoas foram imunizadas e também deve iniciar uma série de encontros com políticos para sacramentar a aliança eleitoral para a composição de sua chapa para 2022.

Uma das decisões importantes a ser tomada por Ibaneis Rocha é a escolha do vice que comporá sua chapa. É importante ressaltar que, se o governador se reeleger, o seu vice terá condições suficiente para assumir o governo em 2026.

Calcanhar de Aquiles

Como o grande calcanhar de Aquiles de todos os governadores e também do governo federal, o governador Ibaneis Rocha foi primeiro a combater à pandemia da covid-19 e agora é a vacinação contra a doença, o governo de Ibaneis ganhou pontos e conseguiu recupera o tempo perdido em razão da falta do repasse de vacinas por parte do Ministério da Saúde que vinha atrasando a vacinação na capital. Porém, o governo tem atuado junto ao Ministério para exigir mais imunizantes, o que permitiu que a cobertura vacinal chegasse até as pessoas de 35 anos. Até o último dia 25, no DF,1.261.381 pessoas já receberam a primeira dose e 455.491 pessoas tomaram às duas doses, e o total de vacinados com dose única era de 49.395.

Mudança de partido

Outra decisão a ser tomada por Ibaneis será com relação à escolha da legenda. Em entrevistas, ela já disse que se sente confortável no MDB, partido que lhe abriu as portas para o pleito passado, porém, interlocutores dizem que haveria dele migrar para o Partido Progressista (PP), partido que também pode vir a abrigar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), numa possível reeleição.

Candidatos

Nos bastidores, especula-se que os ex-candidatos ao GDF, como Rodrigo Rollemberg (PSB), Rogério Rosso (PSD), Alberto Fraga (DEM) e Eliana Pedrosa (sem partido), devem concorrer, em 2022, a uma vaga na Câmara dos Deputados. No próximo pleito, o DF terá direito a oito vagas para deputados federais.

Das RAs para CLDF

A coluna do site Radar mostra que alguns administradores regionais, como o Daniel de Castro, administrador regional de Vicente Pires; Telma Rufino, administradora de Arniqueira; Gustavo Aires, administrador regional de Samambaia; e Alan Valim, administrador regional de São Sebastião; podem a vir disputar uma cadeira na CLDF.

A intenção de disputar o pleito veio após esses administradores terem tido bons resultados em pesquisas que constataram a aprovação, por parte da população, em relação a suas gestões.

Flávia Arruda

A chegada do senador Ciro Nogueira (PP-PI) na Casa Civil do governo Bolsonaro retirou os holofotes da ministra da Secretaria de Governo, Flávia Arruda. Conforme divulgado pela imprensa local, fontes do Palácio do Planalto disseram que a ministra teria perdido espaço por não conseguir ter um bom trâmite junto aos congressistas. Além disso, a ministra não estaria com a mesma habilidade que teve quando esteve no comando da Comissão Mista do Orçamento (CMO), condição que lhe alçou ao cargo de ministra. Especula-se ainda que Flávia seria muito “dependente de seu marido”, o ex-governador do DF, José Roberto Arruda.

*Cláudio Ulhoa – Jornalista, membro da Associação Brasileira de Portais de Notícias – ABBP

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui