CLDF aprova benefício a pessoas que vivem com renda mensal de até meio salário mínimo

Câmara aprova criação de benefício de R$ 408 para população vulnerável

Para receber o auxílio a pessoa precisará ser inscrita no CadÚnico

Por Cláudio Ulhoa

A Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) aprovou, nesta quarta-feira (10), durante sessão remota, o projeto de lei que garante o repasse de R$ 408, mensal, para a população em situação de vulnerabilidade social. De acordo com o projeto, que foi aprovado em segundo turno, o auxílio será concedido aos indivíduos ou famílias com renda familiar mensal per capita de até meio salário mínimo, ou com renda mensal familiar total de até três salários mínimos.

“O texto estabelece ainda que a ajuda terá vigência até o final de 2021 ou enquanto durarem os efeitos da pandemia do novo Coronavírus. Terão direito ao benefício, os indivíduos e famílias inscritos no CadÚnico ou incluídos nos sistemas eletrônicos cadastrais vinculados ao órgão gestor da Assistência Social do DF”, informa a CLDF.

O projeto segue agora para sanção do governador Ibaneis Rocha. Caso for sancionado, ele deve beneficiar cerca160.937 famílias, que hoje se encontram inscritas no CadÚnico. Desse total, 83.665 recebem o Programa Bolsa Família, com média de benefício no valor de R$181,76. Portanto, os R$ 408 serão um complemento.

*Cláudio Ulhoa – Jornalista, membro da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno – ABBP

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui