Celebrações religiosas e parques recreativos voltam a funcionar hoje no DF

Nos parques, atividades como musculação ainda continuam proibidas

Após meses sem atividades, os espaços públicos devem retomar o funcionamento respeitando uma série de medidas preventivas; a fiscalização do cumprimento das determinações sanitárias será feita pelo GDF

Por Ricardo Ulivestro

Os parques públicos e as celebrações religiosas retomam suas atividades nesta quarta-feira (3) após ficaram fechados em razão de decretos governamentais que suspenderam as atividades sociais em lugares públicos para evitar o contágio pelo novo coronavírus. No caso dos parques, eles ficaram fechados por cerca de 70 dias, porém, conforme constatado essa proibição não foi respeitada, já que muitas pessoas continuaram a utilizar os espaços para fazer atividades físicas.

Para reabrir os espaços uma série de medidas deverá ser adotada. Nos centros religiosos, por exemplo, as celebrações só poderão acontecer em ambientes que tenham público de até mais de 200 pessoas, mas para isso será preciso oferecer aos frequentadores produtos para higienização das mãos e dos calçados. Além disso, será preciso respeitar o afastamento mínimo de um metro e meio de uma pessoa para outra, com demarcação específica nas cadeiras dos locais para acomodação dos fiéis.

Os assentos devem ter um espaçamento, sendo uma cadeira vazia, uma ocupada. Pessoas com idade acima de 60 anos (idosos) e crianças menores de 12 anos estão proibidas de participar. O uso da máscara é obrigatório e a temperatura dos fiéis deverá ser medida na entrada.

Os centros religiosos que quiserem realizar as celebrações nos estacionamentos, com os fiéis dentro dos carros, estão permitidos.

Fiscalização

No caso dos parques recreativos, a fiscalização ficará sob responsabilidade da Secretaria de Esporte e Lazerdo DF, do Instituto Brasília Ambiental (Ibram), e das respectivas administrações dos parques. Os parques deverão funcionar das 6h às 21h, com a proibição de qualquer tipo de comércio, inclusive, de ambulantes. Os equipamentos de musculação e os setores de áreas coletivas são proibidos, além do uso de banheiros e bebedouros.

Os centros religiosos deverão oferecer produtos de higienização das mãos e dos calçados dos frequentadores

“Nós não vamos abri-los de qualquer forma, seguiremos protocolos. Estamos com um cadastro aberto de voluntários, aonde iremos treiná-los e, a partir de quarta-feira (hoje), eles e profissionais de educação física nos ajudarão a retomar essas atividades. É bom lembrar que não serão todas as áreas do parque abertas. As de uso coletivo, as quadras de vôlei, onde envolve muito contato, ficarão isoladas”, garantiu a secretária de Esportes, Celina Leão, em entrevista a um programa do jornal Correio Braziliense, CB Poder.

Veja aqui como se inscrever para ser credenciar como voluntário para ser orientandos usuários dos parques nesta primeira fase de reabertura.

Confira abaixo as regras especificam e os parques públicos aptos a abrirem

  • Horário: das 6h às 21h
  • É proibido qualquer tipo de comércio dentro dos parques, inclusive, ambulantes;
  • Todos os equipamentos de musculação e demais áreas de atividades coletivas devem ser bloqueados;
  • Banheiros e bebedouros devem ser interditados;
  • É proibido acampamento nas dependências;
  • O uso de máscara de proteção facial é obrigatório para todos os frequentadores;
  • No Parque da Cidade, o trânsito de veículos está proibido, exceto para deslocamento até os estacionamentos 4 e 5, devendo-se converter as vias internas em pista para pedestres e ciclistas, sob organização e supervisão do Detran;
  • Responsáveis pela fiscalização: Secretaria de Esportes e Lazer, lbram e as administrações dos parques;

Os parques que abrem a partir de hoje

Parque da Cidade Dona Sarah Kubitschek

Parque Ecológico do Paranoá

Parque Recreativo do Gama (Prainha)

Parque Ecológico do Gama

Parque Ecológico Sucupira (Planaltina)

Parque Ecológico do Lago Norte

Parque Ecológico da Asa Sul

Parque Ecológico Olhos D`água

Parque Ecológico Ezequias Heringer (Guará)

Monumento Natural Dom Bosco (Lago Sul)

Parque Ecológico de Águas Claras

Parque Ecológico do Riacho Fundo

Parque Ecológico do Areal (Arniqueira)

Parque Ecológico Veredinha (Brazlândia)

Parque Ecológico do Cortado (Taguatinga)

Parque Ecológico 3 Meninas (Samambaia)

Parque Ecológico do Tororó

Parque Ecológico das Copaíbas (Lago Sul)

Fonte News Black

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui