Câmara aprova projeto de Flávia Arruda que garante R$1,5 bi para assistência social; texto segue para sanção presidencial

O Sistema Único de Assistência Social receberá um reforço de R$1,5 bi para atender os mais vulneráveis durante a pandemia. O PL 1389/2020 de autoria da deputada federal Flávia Arruda (PL-DF) foi aprovado nesta quarta-feira (8) e segue para sanção. A iniciativa garante que os recursos parados no Fundo Nacional de Assistência Social possam voltar para os estados, municípios e Distrito Federal.

“Estamos vivendo uma crise sanitária, mas também uma crise social. Esta pandemia trouxa à tona milhares de pessoas ainda invisíveis para o governo. É essencial garantir o atendimento da assistência social para estes milhares de vulneráveis. É garantir o mínimo de dignidade”, afirma Flávia Arruda.

Somente no Distrito Federal, o valor estimado é de R$23 milhões.

O dinheiro deverá beneficiar crianças e adolescentes; idosos; mulheres vítimas de violência doméstica; pessoas com deficiência; indígenas; quilombolas; e pessoas em situação de rua ou em qualquer circunstância de extrema vulnerabilidade. Servirá ainda para ampliação do cadastro único dos programas sociais federais (CadÚnico).

Postado por Blog do Ulhoa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui