Brasil não avança à final do revezamento 4×100 m rasos no feminino

A equipe brasileira feminina do revezamento 4×100 metros (m) rasos, formada por Bruna Farias, Ana Cláudia Lemos, Vitoria Rosa e Rosângela Santos, não conseguiu garantir uma vaga na final da prova na Olimpíada de Tóquio (Japão), ao terminar a 2ª bateria das eliminatórias na 5ª posição, com o tempo de 43s15, nesta quarta-feira (4) no Estádio Olímpico.

Na classificação geral, o time do Brasil ficou no 11º lugar, entre 16 competidores. As equipes que avançaram para a grande decisão foram as de Suíça, China, Alemanha, Holanda, França, Grã-Bretanha, Estados Unidos e Jamaica.

“Foi uma prova realmente muito forte, conseguimos fazer as passagens, não pisamos na linha, que era uma preocupação muito grande do time. Demos nosso melhor, foi o melhor da temporada. Talvez se a gente tivesse competido mais um pouquinho antes. Não deu por causa da pandemia [de covid-19], infelizmente não conseguimos o time que estaria junto fazer uma competição. Mas saímos satisfeitas, claro que queríamos estar na final, demos nosso melhor, mas não deu”, disse Rosângela Santos ao Comitê Olímpico do Brasil (COB) após a prova.

A disputa pelas medalhas com as oito equipes mais rápidas está prevista para o próximo sábado (7), a partir das 10h30 (horário de Brasília).

Fonte: Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui