Após passar por reformas, UBS 8, em Ceilândia, volta a atender à população

População já começou a ser atendida na UBS 8, em Ceilândia; unidade atende mais de 30 mil pessoas

O espaço reformado foi inaugurado nesta manhã (11) com a presença do vice-governador Paco Britto, e do secretário de Saúde, Osnei Okumoto; a unidade tem seis consultórios médicos, três consultórios odontológicos e sala de imunização

Por Cláudio Ulhoa

Foi inaugurada nesta manhã, 11, em Ceilândia, a Unidade Básica de Saúde (UBS) 8. Construída através de uma parceria público-privada entre a Secretaria de Saúde, a Ambev e o Instituto Tellus, a unidade volta atender à população após passar oito meses fechada para reforma. O espaço passou por intervenções como a troca da rede hidráulica e elétrica e do telhado, a readequação da calçada da entrada da UBS, e a criação de abrigo de resíduos.

 Os servidores que atuam na unidade também passaram por cursos de reciclagem, onde foram capacitados sobre acolhimento, humanização e eficiência no atendimento e uso do recurso público.

A inauguração da reforma foi acompanhada pela presença de vice-governador do Distrito Federal, Paco Britto, e pelo secretário de Saúde local, Osnei Okumoto. Okumoto, dias antes de a UBS ser aberta a população, visitou o espaço para conferir o serviço realizado.

“Estamos muito felizes com os resultados apresentados nesta reforma. Eu fiz questão de vir aqui antes da inauguração porque essa é uma UBS da década de 80 e que apresentava muitos problemas. Há dois anos estamos trabalhando no projeto de reforma desta unidade e eu estava ansioso para ver o resultado”, disse Okumoto, na ocasião.

O vice-governador Paco Britto, durante inauguração da reforma da UBS, nesta manhã (11)

Hoje, durante a inauguração, o secretário voltou a falar sobre a unidade e destacou o seu papel para a população local, já que o espaço deve, segundo ele, atender cerca de 35 mil pessoas. “Essas pessoas estavam sendo dirigidas para outra localidade mais distantes para serem atendidas. Agora, voltam a ser atendidos aqui, que é uma estrutura muito grande, muito bem equipada”, disse. A UBS tem seis consultórios médicos, três consultórios odontológicos, sala de imunização.

Para o vice-governador do DF, a reforma é resultado da maneira como a atual gestão trabalha em relação à construção de parcerias com o segmento privado no sentido de revitalizar obras públicas. “É uma ação muito importante. E vamos trabalhar assim, com parcerias. Agora aqui foi feito pela Ambev, e o hospital de campanha, pela JBS, então é uma forma atender a população tão carente e necessitada”, disse Britto.

De acordo com a Superintendência da Região de Saúde Oeste, a UBS 8 de Ceilândia possui seis equipes de Estratégia Saúde da Família (ESF), que é responsável por atender mais de 30 mil pessoas.

*Cláudio Ulhoa – Jornalista, membro da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno – ABBP

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui