Academias e escolas particulares voltam a funcionar no DF

GDF libera escolas e academias a partir de segunda-feira (8)

O decreto determina que os estabelecimentos adotem medidas de segurança contra a transmissão de covid-19; demais segmentos continuam fechados até dia 15 de março

Por Cláudio Ulhoa

O decreto assinado pelo governador Ibaneis Rocha (MDB) e que entre em vigor nesta segunda-feira, 8, determina que academias e escolas particulares podem voltar a funcionar. Após terem ficado sem abrir por uma semana, em razão da pandemia de covid-19, esses estabelecimentos retomam as atividades desde que sigam os protocolos de segurança e de prevenção contra a doença.

Neste decreto também fica estabelecido a penalidade de suspensão das atividades daqueles estabelecimentos que forem flagrados por promover aglomerações. No caso das escolas, podem funcionar todo tipo de espaço voltado à educação, como creches, universidades e faculdades. Já às academias, é permitido a prática de todas as modalidades esportivas, desde que não tenha aulas coletivas.

“O novo decreto é uma demonstração de confiança na nossa gente. É preciso que a população seja responsável e cada um deve cuidar de se preservar e não aglomerar, usar máscaras e lavar as mãos sempre”, disse o governador, na sexta-feira (5/3).

Os outros estabelecimentos ficam proibidos de funcionar até 15 de março. A possibilidade de extensão de prorrogação desse prazo é real, já que os leitos de UTI ainda estão com as taxas de ocupação em alta, conforme também ressaltou Ibaneis. “Ainda não há conforto na oferta de leitos de UTI para covid-19; continuamos em estado de alerta, mas já é possível começar a flexibilizar o fechamento.”

*Cláudio Ulhoa – Jornalista, membro da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno – ABBP

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui