Início Deputado Distrital Deputado cobra gratuidade no transporte público no dia de vacinação

Deputado cobra gratuidade no transporte público no dia de vacinação

458
0
Autor do projeto que deu origem à gratuidade, Agaciel Maia, sugeriu que o governo comunique às empresas de ônibus para respeitar a legislação no próximo sábado

Na sessão ordinária da Câmara Legislativa do Distrito Federal desta terça-feira (11), o deputado Agaciel Maia (PL) cobrou do governo o cumprimento da lei 6.459/2019, oriunda de projeto de sua autoria, que prevê a gratuidade no transporte público em dia de campanha de vacinação. No próximo sábado (15), acontecerá o Dia D, da campanha nacional de vacinação contra o sarampo. Segundo o deputado, a meta no DF é de alcançar 3 milhões de pessoas vacinadas.

O distrital sugeriu que o governo comunique às empresas de ônibus para respeitar a legislação no próximo sábado. “A gratuidade é importante para garantir que as pessoas possam ir à vacinação. Muitas pessoas não têm dinheiro para levar seus filhos para tomar a vacina”, argumentou Maia.

Parasita – Também na sessão desta terça-feira, a deputada Arlete Sampaio (PT), líder do bloco democracia e resistência, criticou a recente fala do ministro Paulo Guedes, que caracterizou os servidores públicos como “parasitas”. A deputada lembrou que Guedes é filho de uma servidora pública, estudou em escolas e universidades públicas e recebeu bolsa de programa público administrado pelo ministério da Educação.

Arlete também afirmou que não é verdade que os servidores públicos sejam um problema para o Brasil. Segundo ela, o País conta com 1,6 servidores para cada 100 pessoas, enquanto que na Dinamarca, um dos países com maior índice de desenvolvimento do mundo, existem 30 servidores para cada 100 habitantes. “Quem defende o Estado mínimo, quer o Estado privatizado. Os servidores são responsáveis por executar as políticas públicas deste País”, completou, pedindo união contra a reforma administrativa proposta pelo governo federal.

Informações da CLDF