Início Brasília Começaram a ser escriturados os lotes em Arapoangas

Começaram a ser escriturados os lotes em Arapoangas

697
0

Quatro quadras já foram regularizadas por decreto do governador Ibaneis Rocha, beneficiando cerca de 10 mil pessoas

Em novembro passado, decreto do governador Ibaneis Rocha deu o ponta pé inicial para conquista do desejo dela. A técnica de enfermagem Ieda Cordeiro da Silva sonhou por 21 anos com a possibilidade de ter uma escritura do único patrimônio, que adquiriu: um lote na Quadra 3B, conjunto D do Condomínio Arapoanga, em Planaltina.  Agora, Ieda se tornou a primeira moradora da região a ter em mãos o documento definitivo de posse do terreno.

“É muita alegria ter o documento da minha casa própria. Isto aqui é a herança para meus filhos, né?”, comenta a dona de casa. Ieda disse que há muitos anos a promessa de regularização do local circula entre os moradores. “Escutamos muita gente dizendo que iria acontecer. Foram mais de 20 anos e nada. Só agora, conseguimos”, lembra. “Chorei muito no dia em que vi a escritura nas minhas mãos. Vocês não imaginam a importância disto pra mim!”.

Ela disse que muitos vizinhos ainda estão desconfiados e duvidam que a regularização dos terrenos está tão próxima. “Isso é coisa de longas datas e muitas promessas, por isto, muitas pessoas estão duvidando. Mas eu sou a prova viva de que agora é real”, completa.

O lote dela foi contemplado junto com outros 1.221 das quadras 5 e 6, cuja regularização urbanística foi decretada pelo governo no final do ano passado. Ontem (20), mais um decreto foi sancionado: beneficiando as quadras 3 e 4, beneficiando mais 828 lotes. Somados, até o momento, cerca de 10 mil pessoas já foram beneficiadas.

Nos últimos dias, outros locais também tiveram o processo de regularização iniciado, entre eles o Condomínio Belvedere Green, no Jardim Botânico; e a Estância Del Rey, no Setor Habitacional Tororó.

Esperança

A notícia se espalhou pela cidade, que acredita que a legalização vai facilitar obras de infraestrutura e a chegada de novos equipamentos e serviços públicos. “A esperança voltou. Somos 106 famílias de feirantes ansiosas para que a regularização traga também mais investimentos e melhorias todos nós”, afirma o presidente da Associação de Feirantes de Arapoanga (AFA), Antônio Arlindo Oliveira.

Morador da quadra 7-G, uma das áreas regularizadas pelo decreto desta segunda-feira (20), Antônio Arlindo disse estar agradecido pelo empenho do governo com todo o condomínio. “Agora podemos resolver muita coisa por aqui. Com a escritura, vamos poder sonhar mais longe, quem sabe até pegar um empréstimo no banco para fazer a reforma de casa”, planeja.

História

O condomínio Arapoanga está localizado em Planaltina, Região Administrativa VI do Distrito Federal. Propriedade particular, a área começou a ser ocupada de maneira irregular a partir de 1992. Naquela época, os proprietários das terras parcelaram os espaços e começaram a comercializar os lotes, sem aprovação de projetos urbanísticos nem emissão de licença ambiental.

A comunidade cresceu e hoje abriga pouco mais de 60 mil pessoas. O projeto de regularização fundiária tramita no governo local desde 2000.

Com informações da Agência Brasília.