Início Brasília Mutirão tapa-buracos abre fim de semana no Plano Piloto

Mutirão tapa-buracos abre fim de semana no Plano Piloto

446
0
Onde havia buracos, as equipes atuaram com afinco, reparando a pista em tempo hábil | Foto: Paulo H Carvalho / Agência Brasília

Equipes do GDF atuam na região central e na 710 Norte

As equipes do GDF Presente estão em vários setores do Plano Piloto neste sábado (11) para tapar os buracos da área central. Este é o segundo Mutirão Buraco Zero realizado na região. Os serviços abrangem a quadra 710 Norte, o Setor Comercial Norte e o Setor Bancário Norte.  A ação acontece durante todo o dia, com utilização de massa asfáltica produzida pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap).

Ao todo, 45 pessoas trabalham nessa ação. São três equipes de tapa-buracos e uma de recapeamento asfáltico. Há ainda duas frentes de desobstrução de bocas de lobo e uma de reposição de tampas de boca de lobo e grelhas.

Na 710 Norte, as equipes deram continuidade aos serviços em uma erosão que havia no local.  Segundo a Novacap, estudos realizados por meio de sonda-robô apontaram que o buraco se deu em razão do rompimento de uma rede de água potável da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb).

Erosão já controlada

De acordo com a companhia, existe no local um ramal de águas pluviais desativado, de responsabilidade da Novacap. Esse ramal estava coberto por terra, que foi levada pelo rompimento da rede de água. O acúmulo na rede de drenagem causado pela erosão provocou a emissão de um laudo técnico inicialmente equivocado.

A Novacap já havia atuado na correção do ramal, retirando a terra que se acumulou na galeria. Em seguida, a Caesb assumiu a obra para fazer a manutenção da rede. O problema foi detectado pelo empresário Luciano Alencar Oliveira, que aproveitou para elogiar a prontidão com que o atendimento foi prestado.

“Quero agradecer às equipes do GDF que vieram com rapidez resolver o problema”, disse. “Fizeram também desobstrução de bocas de lobo e limpeza no estacionamento, onde havia muita sujeira acumulada por causa das últimas chuvas. Estou satisfeito agora.”

As equipes taparam também outros buracos que havia na quadra, ação que foi igualmente reconhecida pela comunidade. “É um trabalho muito importante, porque, além de acabar com os transtornos que os buracos causam, evitamos acidentes”, frisou o comerciante Antônio Alexandre Bonfim, de 63 anos.

O coordenador do Polo Central Adjacente 1 do GDF Presente, Alexandro Cesar, explica que, pela grande rotatividade de veículos e chuvas intensas, o centro da capital tem sofrido com inúmeros buracos. “Criamos uma grande ação para atender a essa demanda do Plano Piloto em uma integração de várias frentes de trabalho e órgãos do GDF”, resumiu.

Operação Buraco Zero

Uma das principais demandas registradas em ouvidorias do Governo do Distrito Federal, os buracos em pistas têm sido tapados em muitas regiões administrativas. O governador Ibaneis Rocha e o secretário de Governo, José Humberto Pires, lançaram o desafio para os administradores regionais: eliminar esse problema das localidades que administram.

O programa vai premiar, com obras, as regiões que cumprirem a meta de zelar pela manutenção das vias. Cada buraco nas pistas do Distrito Federal é fotografado e catalogado num aplicativo para celular. Por meio de um sistema de GPS e mapas georreferenciados, servidores cadastram com foto o ponto exato que necessita de reparos.

O sistema permite ainda que, após a conclusão dos serviços, os dados sejam atualizados. Com a medida, o GDF aposta em mais agilidade nos serviços de tapa-buracos.

Informações da agência Brasília