Início Esporte Fla reage com Gabigol, arranca empate do Flu e vai à final...

Fla reage com Gabigol, arranca empate do Flu e vai à final do Carioca

200
0

Vasco e Bangu fazem a outra semifinal neste domingo

O Flamengo está na final do Campeonato Carioca. Neste sábado (6), O Rubro-negro estava atrás do placar até os 23min do segundo tempo, quando Gabigol, que havia entrado no intervalo, fez o gol que garantiu o 1 a 1 e sua equipe na final – o Fla tinha a vantagem do empate por ter faturado a Taça Rio. Vasco e Bangu fazem a outra semifinal neste domingo.

O Flamengo foi melhor no primeiro tempo, mas não conseguiu ao placar. Curiosamente, foi o Flu, dominado, quem obteve êxito na missão com Gilberto. No segundo tempo, Abel apostou em Gabigol e na entrada de Arrascaeta para conseguir o resultado que precisava para se classificar.

O jogo começou com bastante emoção, como foram os últimos duelos entre as equipes. Muito pegada, a partida teve algumas faltas que levaram perigo ao gol adversário. Em um desses lances, o Flamengo abriu o placar. O problema é que o VAR entrou em ação por conta de uma falta de Léo Duarte no goleiro Rodolfo, que errou o soco e viu Arão mandar para as redes. Lance anulado. Minutos depois, o árbitro novamente foi chamado para rever um lance. Bruno Arleu decidiu pelo cartão amarelo em Gilberto e não o vermelho.

Polêmicas à parte, o Flamengo fazia melhor partida que o Fluminense. No estilo Diniz, o Tricolor tentava tocar a bola, mas sofria com a forte marcação do rival. Estava difícil manter a posse no campo de defesa, no ataque, então, parecia missão impossível. Nesse ponto, o Rubro-negro neutralizou o adversário e conseguia criar boas oportunidades, apesar de não finalizar com precisão ao gol de Rodolfo. A situação era clara: o clube da Gávea estava mais próximo de abrir o placar.

Mal em campo, o Fluminense estava mais próximo de sofrer o primeiro gol. Caprichos do futebol, foi justamente o contrário que ocorreu. E o minuto 44 do primeiro tempo exemplificou bem a situação. Gilberto fez corte providencial em chute de Bruno Henrique e evitou o gol do Rubro-negro. O lance seguiu até que Caio Henrique recebesse pela esquerda e cruzasse na medida para o próprio lateral direita aparecesse como camisa 9 e marcasse de cabeça: 1 a 0.

Na volta do intervalo, Abel Braga sacou Uribe e lançou Gabigol. Evidentemente que a torcida não reclamou da substituição, mas bastou alguns minutos para que o real desejo dos rubro-negros ficassem claros. Os reservas foram aquecer atrás do gol e o Maracanã explodiu pedindo a entrada de Arrascaeta.

Abel Braga finalmente realizou o desejo da torcida e lançou Arrascaeta na vaga de Diego, que saiu vaiado. O uruguaio ainda se adaptava em campo, mas o Flamengo já se mostrava melhor em campo. Gabigol havia entrado no intervalo e ficou uns bons minutos esperando uma oportunidade. A primeira surgiu aos 23min e ele não desperdiçou. Chutou firme para vencer Rodolfo e estufar as redes: 1 a 1. O empate teve gosto de vitória já que serviu para o Rubro-negro chegar à final do Carioca.

FLAMENGO

Diego Alves; Pará, Leo Duarte, Rodrigo Caio e Renê; Cuellar, Willian Arão, Diego (Arrascaeta), Everton Ribeiro e Bruno Henrique (Vitinho); Uribe (Gabigol)

T.: Abel Braga

FLUMINENSE

Rodolfo; Gilberto, Matheus Ferraz, Nino (João Pedro) e Caio Henrique; Dodi (Calazans), Bruno Silva e Daniel (Allan); Everaldo, Yony González e Luciano

T.: Fernando Diniz

Árbitro: Bruno Arleu Araújo (RJ)

Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa e Daniel Parro (RJ)

Cartões amarelo: Willian Arão, Gabriel, Vitinho, Everton Ribeiro e Bruno Henrique (FLA) Gilberto, Nino e Bruno Silva (FLU)Gols: Gilberto (FLU), aos 44 minutos do primeiro tempo; e Gabigol (FLA) aos 23 minutos do segundo tempo. Notícias ao Minuto