Lula critica acordo de delação e chama Joesley de bandido

Declarações foram feitas em reunião com juristas nesta quinta (25)

O ex-presidente Lula se reuniu com dezenas de juristas em um hotel em São Paulo, nesta quinta-feira (25), para argumentar sobre o que o petista está chamando de “Estado de exceção”. Durante o encontro, reforçou que se sente vítima de uma perseguição política e criticou duramente o delator Joesley Batista, que classificou como "bandido". De acordo com a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, o ex-presidente disse que o acordo de delação premiada com o dono da JBS é "um escárnio". Também afirmou que os benefícios recebidos por Joesley com o acordo eram de "provocar risos". Lula também comentou sobre a possível saída do presidente Michel Temer, principal alvo da delação de Joesley Batista. “Prefiro perder dez eleições diretas do que ganhar uma indireta”, afirmou. Fonte: Notícias ao Minuto Leia também: Ex-gerente da Petrobras e ex-banqueiro são presos na Lava Jato

Cláudio Ulhoa

Cláudio Afonso Gonçalves Ulhoa Nasceu em 1987 na cidade de Unaí em Minas Gerais, Veio para Brasilia muito novo e aqui esta fazendo sua vida e criando sua Historia, Pai de três filhos Cláudio Ulhoa e muito dedicado a família.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3Shares
%d blogueiros gostam disto: